Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

  The Biggest Adventure - Capítulo 04 - Captura a Bandeira [+13]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
03072013
Mensagem The Biggest Adventure - Capítulo 04 - Captura a Bandeira [+13]

Clique aqui para ver todos os capítulos desta história!



Tema do Livro:
Percy Jackson

Gêneros:
Universo Alternativo, Death Fic, Aventura, Furry,

Clique aqui para ver as Informações Iniciais:
 


Isabel POV’S
Tive um sonho meio estranho:
“Eu estava andando num morro,que era o acampamento e perto do pinheiro que protege o acampamento (sim,já me contaram de Thalia e o pinheiro) havia um cara com uma jaqueta de couro e botas de guerra (N/A:Gostei do estilo desse guri) me encarando,MEU DEUS,ELE VAI ME ESTUPRAR?!Ok,mantenha a calma,isso é um sonho não vai acontecer nada,nada e nada (N/Isabel:nada,nada,nada eu não estou fazendo nada,eu só quero dançar com você até de..Não?Tudo bem >_- Mantenha a calma,eu não vou te machucar sua estúpida,vim te trazer um presente.
- O que?
- Uma espada,amanhã terá a captura à bandeira,e você precisa se proteger.
- Ok,posso te fazer uma pergunta?
- Seja rápida.
- Você é meu pai?
- Sou, mas não posso te falar quem sou. Bem, sua espada está na sua mochila, tive o cuidado para que nenhum filho de Hermes roube de você, e boa sorte amanhã.
- Erm, valeu...
Acordei, fui correndo até a minha mochila e a vi,refletindo a luz do lua, troquei de roupa e fui ao salão de treinamento.Chegando lá,vi um garoto treinando,estava de costas mas pude perceber que era mais velho que eu.Quando se virou,percebi que tinha olhos azuis igual ao mar,ele parou quando começou a andar pois me percebeu olhando para ele,dei uma corada legal e falei:
-Oi,desculpa,eu vim treinar mas vejo que você já está treinando,depois eu volto.
-Não,pode voltar,a gente pode treinar junto,claro se você quiser.
-Ah,tudo bem,a propósito meu nome é Isabel Leal,mas pode me chamar de Bel,ainda não reclamada.
-O meu é Perseu Jackson mas todos me chamam de Percy,filho de Poseidon.
-Uhum,então vamos ao treino.
Treinamos,rimos e nos tornamos muito amigos,no final ele disse:
- Caramba... Você é muito boa com a espada! Talvez seja útil amanhã.
- Eu também acho - brinquei (-só que não haha)
Já estava amanhecendo quando saímos escondidos, para que as Harpias não nos pegassem,ele me deixou no chalé de Hermes e foi para o de Poseidon,ele falou que ficava sozinho por não ter muitos irmãos,disse que já teve um irmão ciclope chamado Tyson,mas o mesmo foi trabalhar nas forjas de Poseidon.Coloquei meu pijama novamente em silêncio e deitei no meu saco de dormir e abracei a espada embaixo do cobertor para que ninguém veja e adormeci.
***
Acordei com algumas pessoas brigando umas com as outras,abri os olhos e vi Clery,Travis,Connor e Ana brigando,levantei um pouco e senti um alivio ao sentir a espada do meu lado.Quando bocejei,vi que a briga cessou e as atenções foram todas para mim:
-Finalmente a bela adormecida acordou.-Travis falou debochado.
Mandei o dedo do meio para pois eu estava cansada demais para falar alguma coisa:
-Bel,depois do café da manhã,vai ter a captura à bandeira,ok?-Ana me falou.
-Ah,tudo bem.
Levantei e fui até o banheiro,fiz a higiene e me troquei e depois foi Clenery e, por fim, Ana Clara. Fomos tomar o café nós 5 no pavilhão e reunimos a nossa equipe.

Clenery P.O.Vs
Acordei durante a noite, percebendo uma movimentação. Estranho, eu tenho sono pesado e acordo durante a noite por causa de uma movimentação, praticamente, silenciosa! Eu, hein! Me virei um pouco para ver que se tratava de Isabel sentada no saco de dormir.
Um tempo depois, ela foi para o banheiro e saiu do chalé. Franzi o cenho, 'que estranho'. Voltei a minha posição inicial.
***
Levantei gritando. Demorei um pouco para entender o que estava acontecendo. Olhei para minha roupa e ouvi os Stoll e Ana Clara gargalhando. ESSES FILHOS DA PROSTITUTA ME JOGARAM UM BALDE DE ÁGUA! AH, EU VOU MATAR ELES!
- ANA CLARA FERREIRA! - gritei morrendo de raiva.
Senti meu sangue esquentar, como sempre acontecia quando eu estava com raiva ou em uma discussão. Ana Clara arregalou os olhos e começou a correr de mim, comigo atrás dela, isso acordou algumas pessoas do chalé. Os Stoll pularam em cima de mim para me parar enquanto Ana Clara se escondia atrás de uma cama.
- FILHA DA PROSTITUTA, DESGRAÇADA! - gritei, quando eu falava essas palavras era porque realmente estava irritada
- Calma! - disse Ana Clara, rindo por dentro mas mantendo seu rosto falsamente assustado e sério - Eu só estava brincando!
- VOCÊ NÃO GOSTAVA QUANDO EU VIRAVA SEU COLCHÃO PARA TE ACORDAR! - gritei.
Travis me beliscou e eu quase dei um tapa nele se Ana Clara não tivesse me segurado por trás. Depois percebi que ele havia tentado me alertar que Isabel havia acordado. DANE-SE!
Ana, Isabel e Travis conversaram algo mas um zumbido na minha cabeça impedia que eu escutasse com clareza o que estavam dizendo. 'Eu mato esse desgraçado!'
Isabel não estava de melhor humor que o meu, ela deu o dedo do meio para Travis. Levantou-se e foi para o banheiro se trocar. Virei-me para Travis:
- Você vai se arrepender! - sussurrei ameaçadora - Está marcado com Clenery Aingremont.
Eu olhei com muita intensidade e ódio para Travis, que tentava manter sua cara de debochado. Ele colocou as duas mãos na cabeça e contorceu o rosto, como se sentisse muita dor. Ele apertou os olhos e trincou os dentes. Ana Clara arregalou os olhos como se tivesse percebido alguma coisa e me cutucou, fazendo-me desviar os olhos de Travis.
Não sei o que aconteceu aqui! Quando desviei o olhar, minha cabeça parecia/estava menos pesada e Travis havia parado de gemer de dor. Isabel voltou do banheiro e me adiantei com minhas roupas em braços. Me segurando para não matar alguém. Tranquei a porta do banheiro, olhei para o espelho e respirei fundo. O zumbido parou, o sangue começou a esfriar e meus pensamentos estavam mais claros.
Eu não teria limpado o rosto se ele não estivesse suado. Não sei quando comecei a suar! Liguei a torneira, fiz conchinha na pia e esperei encher de água, quando isso aconteceu levei minhas mãos para o rosto.
Permaneci com meus olhos fechados por uns segundos. Depois, desliguei a torneira, peguei a toalha, sequei meu rosto e coloquei minha roupa. Eu tenho certeza que eu ia ralar o joelho, do jeito que eu era destrambelhada (N/A: eu realmente sou muito 'Nymphadora Tonks', conhecia a enfermaria do meu antigo colégio de cor). Deixei o meu cabelo solto, peguei umas mechas e fiz uma trança. Peguei a caixa de lentes de contato (eu tinha escolha? Se eu fosse de óculos, era capaz de quebrarem),
vesti a camiseta do acampamento, que Ana Clara me deu, e coloquei o short.
Saí do banheiro e Ana Clara veio. Sentei na cama, colocando meu queixo sobre minhas mãos cerradas. Calcei o all star preto, coloquei uma meia não muito longa (mas o suficiente) e escondi as duas adagas (uma em cada pé). Por fim, decidi vestir a jaqueta jeans. Depois de todos prontos, fomos até o pavilhão para reunir o time do captura a bandeira.
***
Depois da estratégia montada, pelo conselheiro chefe do chalé de Atena, ficou dividido assim: eu seria defenderia a fronteira, Ana Clara defenderia a bandeira e Isabel avançaria.
A trombeta soou, o vencedor do último captura a bandeira, ou seja, time vermelho (que continha o chalé de Ares) avançou, nós éramos o time azul. Os únicos chalés que pertenciam a equipe azul, que eu decorei, foram Atena e Hermes. Nesse jogo, o chalé de Poseidon (ou seja, um garoto moreno de olhos azuis-esverdeados) estava no nosso time, e o chalé de Hefesto decidiu lutar no time de Ares.
Balancei a cabeça, limpando a minha cabeça dos pensamentos. Preciso me concentrar! A trombeta soou novamente, o time azul entrou na floresta, nos organizamos em nossa área e aguardamos a trombeta soar a terceira vez para iniciar o jogo.
Eu estava assustada, nunca participei desse jogo, ou de algo do tipo. Poderia comparar ao pique-bandeira que jogávamos no colégio, mas isso era muito pior. Eles levavam isso na brincadeira, e Isabel não parecia apavorada com as possibilidades de se machucar feio. Mas ela é muito boa para mascarar os sentimentos, então eu não sei.
Pareceram horas que se arrastavam lentamente. Tensão estava no ar. Eu estava em frente à linha traçada, ao lado oposto de Isabel, para proteger a fronteira. Eu era boa com as adagas mas essa gente tinham lanças, espadas... O problema é que eu tentei! Eu lutei com todas as armas do arsenal, e nenhuma, nem mesmo uma adaga, se adaptou a mim. Porque essas duas adagas eram moldadas para mim. Acredito que seja algo que minha mãe deixou com meu pai para eu me proteger quando chegasse a hora.
Eu encarava uma garota, uma das poucas filhas de Afrodite que estava lutando (o resto ficava no canto olhando ou algo do tipo e agia usando sua beleza contra os homens, do nosso time, para os dar vantagem), ela tinha longos cabelos castanhos e olhos igualmente castanhos (N/A: essa é a descrição da atriz, não lembro qual é a do livro).
Eu me ajoelhei cuidadosamente, peguei uma das adagas, depois peguei a outra e as deixei em mãos. A trombeta soou. Um momento de silêncio antes do caos. Só vi Isabel correndo para o território adversário. Eu e a garota nos encaramos por um momento. Ela sacou uma adaga também, ótimo luta justa. Dei um sorrisinho desafiador, a olhando nos olhos. E começamos a lutar.
Ela tentou me atacar na barriga mas eu usei as minhas duas adagas cruzadas, como um escudo. Ela pulou para trás e voltou a investir. Eu consegui arranhar a bochecha dela e ela cortou, por acidente, uma mecha do meu cabelo. Isso me irritou, adoro meu cabelo e ela me olhou zangada também. Senti meu sangue ferver e investi contra ela, que me chutou mas consegui desferir um golpe, fazendo um corte na sua sobrancelha.
Se passaram minutos, horas, eu não saberia dizer, só se ouvia gritos de fúria, sons de espadas se chocando... Ela não estava sendo justa, eu não tinha porque o ser. Investi mais um pouco, a fazendo tropeçar e desferi um soco no rosto dela, o que a fez cair. Depois corri atrás de um desafio melhor. Andei um pouco desviando de algumas pessoas e defendendo a fronteira de muitas pessoas.
Eu queria ter ferido mais aquela menina mas era proibido 'aleijar', eu acho que é essa a regra. Uma pessoa atrás de mim me derrubou no chão, fazendo eu ralar meu joelho. Estava demorando ¬¬'
Me virei para dar uma lição nela... Apertei a adaga em minha mão e me virei desferindo um golpe. Ursula caiu para trás, derrubando o machado, surpresa.
- Clery? - perguntou afobada e meio desconcertada.
Estávamos perto da bandeira do nosso time e Ana Clara estava indo muito bem, mesmo com seu arco e flecha, não estava sozinha. O que eu faço com a Ursula? Vontade de dar uma surra não me falta.




Isabel POV'S
Quando a trombeta soou pela floresta, corri como nunca corri em toda a minha vida. Eu sentia meu sangue correr por dentro de meu corpo e eu queria machucar alguém, e MUITO. Parei de correr para não trombar com alguém do time vermelho, olhei ao meu redor e ouvi as folhas da árvore acima de mim se mexerem, olhei para cima e os garotos que estavam na árvore pularam da mesma e, como eu previ, eram da equipe vermelha (dois filhos de Ares). Começamos a duelar, eu contra os dois. Então, eu cortei a perna e o rosto de um, enquanto no outro eu o derrubei e cortei profundamente seu braço (N/A: sem querer me gabar). Continuei andando até me deparar com ele. É, ele mesmo: Leo Valdez. Quando eu o vi, meu sangue ferveu e eu não sei por que meu coração disparou:
- Bora resolver isso na mão, moleque! - disse, jogando minha espada no chão
Ele partiu para cima de mim, então começamos a lutar corpo a corpo. Um tempo depois, acabamos caindo, eu fiquei por cima dele, então eu lhe dei um cruzado de direita, antes que eu percebesse ele me passou para baixo de seu corpo e segurou meus braços, só aí eu percebi como ele era forte. Ele me olhou profundamente, eu também o olhei. Ele começou a olhar a minha boca e foi se aproximando. Mas, um filho da PROSTITUTA, nos interrompeu e o Leo teve que olhar para trás percebendo que se tratava que nós, do time azul, ganhamos. Ele se levantou, me ajudou a fazer o mesmo e me lançou um último olhar antes de se for. Connor correu até mim e falou que estava tendo uma comemoração pela nossa vitória.
Na festa, comemoramos muito. Até, do nada, a roda de amigos onde eu me encontrava me olharem surpresos, então olhei para cima e lá havia um símbolo de espada rodando acima de minha cabeça. Então, os mesmos garotos que eu lutei mais cedo se aproximaram de mim e falaram:
- Bem vinda, filha de Ares.

Clenery P.O.V
Ursula levantou-se. Eu mordi meus lábios em uma tentativa de evitar que as lágrimas rolassem por meu rosto. Levantei minha faca e investi.
- Desculpe, mas tenho que impedir que você pegue a bandeira - disse simplesmente.
Voltamos a lutar, Ursula meio chocada com minha reação. Uma luta meio... Imparcial, já que eu tinha duas adagas e ela um machado. Ela não estava dando tudo de si e estava me deixando descontar minha raiva. Muito tempo se passou quando Ana Clara correu para nossa direção com Connor em seu encalço. Ela me segurou pelos ombros enquanto Connor segurava Ursula.
- Clery, já acabou! - disse ela extasiada - Nós ganhamos! Pare de tentar matar Ursula!
- VOCÊS DUAS DESAPARECEM SEM AVISAR NADA... - explodi - ... E QUEREM QUE EU ACEITE COMO SE ISSO FOSSE NORMAL? NÃO SABEM COMO FOI DIFÍCIL PARA ISABEL NÃO SABER ONDE VOCÊS ESTAVAM! EU SABIA, SEMPRE SOUBE, MAS ISSO NÃO TORNOU TUDO MAIS FÁCIL!
- Nós não tínhamos como adivinhar que vocês eram semideusas também - gritou Ursula.
Ana Clara me puxou para até o chalé de Hermes onde estava acontecendo uma festa, olhei para trás mas Ursula não estava mais lá. Travis tentou se aproximar de mim mas eu me soltei de Ana Clara e o encarei fervorosamente, esperando que ele sentisse a enxaqueca que sentiu da última vez mas, ao invés disso, ele foi derrubado por uma cadeira que voou para cima dele.
Isabel se aproximou sorridente, estava feliz por Travis ter recebido uma lição (mais ou menos, né mas deixa em off) e por outra coisa... Ela se virou para me contar algo mas ela parou no ato e arregalou os olhos, olhando para cima de minha cabeça.
Era o que eu estava pensando? Olhei para cima e vi um símbolo de uma coruja rodando acima de minha cabeça. Continuei olhando até desaparecer. Senti meu sangue esfriar-se.
- O que... - disse Isabel assustada - Q-que isso significa? De quem ela é filha?
- Sou filha de Atena - eu disse
- Duas reclamações em um dia - disse Ana Clara surpresa - As duas praticamente na mesma hora. Isso é incrível!
- Reclamações? Temos que fazer algo de errado para nossos pais nos reconhecerem? - brincou Isabel.
Eu e Ana Clara começamos a gargalhar
- Eles te reclamam quando dá na telha, sabe? - brincou Ana Clara.
Um raio desceu no céu. (N/Clenery: Zeus não gostou muito da nossa brincadeira o.O Ah! Dane-se!)
Quando olhei para trás, Ursula estava andando em nossa direção.

avatar
Clenert
Escritor(a) Padrão

Mensagens : 13
Popularidade : 0
Data de inscrição : 15/06/2013
Idade : 21
Localização : Rio de Janeiro
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Romance

Ver perfil do usuário http://www.twit7.blogspot.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

The Biggest Adventure - Capítulo 04 - Captura a Bandeira [+13] :: Comentários

Nenhum comentário.
 

The Biggest Adventure - Capítulo 04 - Captura a Bandeira [+13]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: LIVROS-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.