Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

  The Biggest Adventure - Capítulo 05 - A Briga e Novos Chalés [+13]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
03072013
Mensagem The Biggest Adventure - Capítulo 05 - A Briga e Novos Chalés [+13]

Clique aqui para ver todos os capítulos desta história!

[img][/img]

Tema do Livro:
Percy Jackson

Gêneros:
Furry, Universo Alternativo, Death Fic, Aventura,

Clique aqui para ver as Informações Iniciais:
 


Clenery P.O.V
- Ursula? - perguntou Isabel surpresa - Eu vou matar ela! - exclamou indo em direção à Ursula
- Oi - disse Ursula, corajosa, como sempre
- Oi? - perguntou Isabel furiosa - VOCÊS DUAS SOMEM POR ANOS, SEM NENHUMA EXPLICAÇÃO E VOCÊ ME VEM COM "OI"?
- Bel, calma! - tentou Ana Clara - Clery, faça alguma coisa!
- Cala a boca que eu mesma estou me segurando para não socar vocês duas - respondi. Tranquila por fora (N/A: Atena tentando me acalmar, fazer-me ver a razão), furiosa por dentro. Minha voz saiu baixa, o que a fez letalmente perigosa. Parecia uma fera querendo sair mais sendo contida por algo... Ou alguém.
"Se acalme, Clenery" disse a mesma voz que me ajudou com o ciclope quando chegamos ao acampamento "Não perca a cabeça, você precisa ver a razão".
Ana Clara arregalou os olhos, assustada, com a minha reação.
- Qual o problema de vocês? - perguntou Ursula irritada
- QUAL O MEU PROBLEMA? EU VOU TE MOSTRAR QUAL O MEU PROBLEMA! - gritou Isabel antes de dar um tapa na cara de Ursula e elas começarem a brigar.
Os Stoll, obviamente, incentivavam a briga enquanto Ana Clara tentava fazê-las parar. Eu aproximei-me correndo e segurei Isabel pelos cotovelos. Já Ana Clara não foi tão delicada: ela puxou Ursula pelos cabelos.
- AI, PRAGA! - gritou Ursula acariciando o couro cabeludo
- ME SOLTA AGORA, CLENERY AINGREMONT! - gritou Isabel se debatendo
- O que está acontecendo aqui? - perguntou um menino de cabelos escuros e olhos da cor do mar
- Não se mete, coisa! - rosnou Ursula
- Eu me meto onde quiser, não preciso da sua aprovação - retrucou
- Estamos tentando apartar uma briga e não iniciar outra - falei.
Para melhorar nossa situação, Leo Váldez, o garoto que esbarrou em Isabel, apareceu para presenciar tudo. Com os braços cruzados e um sorriso de escárnio enfeitando seu rosto. Pensei que filhos de Hefesto não sorrissem... São todos tão sérios!
- Arrumando mais problemas, Leal? - perguntou Leo
- Não te interessa, cuide da sua vida! - rosnou Isabel, pude senti-la voltando a ficar nervosa e, ao mesmo tempo, mais calma
- Porfavor, Leo. Saia daqui! - pedi.
Ele me encarou por um segundo, se virou e foi embora. Isabel me olhou sem expressão, a soltei e voltei minha atenção para Ursula e o garoto que pareciam prestes a esganar um ao outro. Os Stoll encaravam Ana Clara que, dessa vez, parecia ansiosa para que Ursula e o menino brigassem.
- Vocês! - eu disse apontando para os Stoll - Vão embora e parem de arrumar problemas!
Connor deu de ombros e voltou a sua atenção para o 'casalzinho' mas Travis pareceu se lembrar do que ocorreu mais cedo e voltou para o chalé de Hermes.
- Olá, Percy - sorriu Isabel, para irritar Ursula, tenho certeza.
Ursula fechou mais ainda a cara e resmungou alguma coisa. Ana Clara segurou o riso.
Percy piscou um olho para Isabel, entendendo a jogada. Esses serão ótimos amigos (e comparsas na hora de irritar Ursula, isso se já não são). Depois elas se entendem e voltam a ser 'melhores amigas para sempre'. Notem a ironia, por gentileza.
- Clenery! - uma menina chamou-me - Nós já estamos indo para o chalé! Quer vir conosco?
- Claro! Eu já vou, só irei pegar minhas coisas - sorri.
Dei um abraço em Isabel e ignorei Ana Clara e Ursula. Não queria mais problemas... Aliás: ainda tenho que me vingar da Ana Clara. Entrei no chalé de Hermes, peguei minha mala e minha mochila e fui junto as meninas para o chalé de Atena.
Assim que me instalei, peguei um dos meus livros que estavam na mochila.
- Pode pegar livros da biblioteca, se quiser - disse a menina que me chamou mais cedo
- Biblioteca? - incoscientemente deixei meu livro cair.
Ela sorriu enigmática.
- Se filhos de Hefesto podem ter um laboratório de invenções no sub solo. Por que filhos de Atena não podem ter uma biblioteca? - perguntou piscando um olho.
Ela me chamou com a cabeça e levantou-se de seu beliche. Eu segui-a. Passamos por algumas camas e subimos a escada em espiral, andamos mais um pouco até alcançar uma parede com estantes, repletas de livros.
- Quantos andares tem aqui? - perguntei
- Dois, por enquanto - respondeu concentrada em analisar os títulos dos livros com o dedo.
Ela andou dois passos para o lado e pareceu encontrar o que estava procurando, um livro que reconheci sendo de Sidney Sheldon.
- Se houver amanhã? - perguntei
- Cada semana muda o livro que abre a passagem - disse concentrada.
Ela puxou o livro e colocou a mão por onde estava o livro, pressionou algo, que imagino ter sido algum botão. Afastou a mão enquanto a parede tremia e colocou o livro de volta. A parede foi indo para o lado, como se fosse aquelas portas de correr
Não preciso dizer o quanto fiquei encantada ao entrar naquela sala, certo? Haviam milhares de estantes, repletas de livros. Uma mesa retangular enorme, com várias cadeiras espalhadas, onde alguns outros filhos de Atena 'estudavam'. Havia também uma mesa circular, no outro canto da sala, onde haviam quatro notebooks, emparelhados lado a lado, com quatro cadeiras de escritório postos a sua frente.
- Como eu sou desligada! - riu minha 'irmã' - Desculpe, eu não me apresentei. Acontece que quando falo sobre livros, estudos ou sobre a biblioteca eu me perco. Fico completamente distraída. Meu nome é Brenda Sarraipa.
- Eu sou Clenery Aingremont - dei uma risada - Deve ser coisa de filhos de Atena
- Deve saber que Atena é a deusa da sabedoria e justiça. Então, qualquer dúvida que temos em nosso chalé, resolvemos na democracia - disse Brenda, se virando - Se quiser ficar aqui, apenas não demore muito!
Ela passou pela 'porta'. Eu andei em direção à algumas estantes... Os livros eram separados em ordem alfabética e por assunto. Tudo era impecavelmente limpo. Todos tinham o maior cuidado com os livros. Agora eu me sentia 'em casa'. Com pessoas que me entendem e me aceitam do jeito que sou. Não que Isabel não seja assim, mas é diferente. Ela é minha amiga, e essas pessoas são, de certa forma, meus irmãos.
Anotei mentalmente alguns livros que eu iria ler, quando percebi estar tarde, abri a porta/parede e fiz o mesmo percurso que tinha feito com Brenda.
Guardei o livro que havia trazido de casa e me enrolei no cobertor. Não havia percebido o quanto sentia falta de Fred. E até um pouco de Edgar... Mesmo que ainda estivesse brigada com ele.
- Clery! - chamou Brenda - Hora do jantar.
Assenti, me desenrolei do cobertor e a segui.
O conselheiro chefe do chalé de Atena,  esperou a maioria se reunir, fizemos uma fila: do mais velho campista até o mais novo. Como eu sou a mais nova fiquei atrás de todos, na fila. Fomos até a nossa mesa no pavilhão.
A mesa de Hermes estava lotada, como sempre. Ana Clara sorria verdadeiramente, se divertindo com os Stoll e mais alguns irmãos. Sentamo-nos na mesa de Atena, Brenda estava um pouco distante, lendo um livro. Jogamos nossas ofertas, na fogueira, para os deuses, em meu caso Atena e começamos a degustar. Uma mneina chamada Ernya me disse que para conseguir alguma bebida era só pedir ao copo. Achei um pouco estranho, no começo mas tentei e um suco de maracujá encheu o copo.
Olhei em volta, Isabel parecia estar pensativa, na mesa de Ares. Na mesa de Perséfone, Carla (N/A: homenagem a minha 'sister'), uma menina que estava no nosso time de captura a bandeira, parecia discutir com algum dos seus irmãos. Na mesa de Zeus haviam apenas Ursula e mais um garoto. Na mesa de Poseidon, Percy jantava só. Ele estava brincando com a comida, por vezes lançava olhares discretos à Ursula. Na mesa de Hefesto, todos pareciam sérios, apenas Leo parecia emanar um pouco de alegria, este lançava olhares furtivos e nada discretos à mesa de Ares.
Na mesa de Hades, havia um garoto e uma garota, eles não confversavam, se concentravam apenas em sua comida e estavam sentados distantes. Continue olhando por mais um tempo, quando o menino ameaçou erguer seu olhar, eu voltei minha atenção para a mesa rapidamente, um pouco desconcertada.
A trombeta soou, dessa vez nem o chalé de Apolo foi cantar. Estavam todos exaustos pelo captura à bandeira, Ernya quase dormia em cima do prato durante a refeição. Fui para meu beliche, ajeitei a cama e deitei. Ainda via alguns abajours acesos, alguns filhos de Atena deitados em suas camas, lendo um livro. Abri minha mochila e encontrei meu tapa-olho, eu não consigo dormir muito bem com a claridade. Eu morava na cidade, não estava acostumada com o silêncio.
Fiquei algum tempo me revirandona cama, abri minha mochila e peguei meu simples iPod, coloquei os fones nos meus ouvidos, liguei e coloquei para tocar as músicas. Adormeci antes que "ABBA - The Winner Is Take It All" finalizasse.

Isabel P.O.V’S
Estávamos voltando do treinamento quando avistei uma garota familiar. ESPERA AI! AQUELA ALI É A URSULA?
-Ursula?! - perguntei surpresa e irritada - EU VOU MATAR ELA!
-Oi - Falou ela corajosa.
- Oi? – perguntei furiosa - VOCÊS DUAS SOMEM POR ANOS, SEM NENHUMA EXPLICAÇÃO E VOCÊ ME VEM COM "OI"?
Ana Clara falou alguma coisa e Clery retrucou mas eu não prestei atenção por eu estar com muita raiva do ser na minha frente, então ela falou/gritou:
- Qual o problema de vocês? - perguntou Ursula irritada
- QUAL O MEU PROBLEMA? EU VOU TE MOSTRAR QUAL O MEU PROBLEMA! – gritei antes de dar um tapa na cara de Ursula, mas fui interrompida por Clery que me puxou pelos cotovelos, já Ursula foi puxada indelicadamente por Ana pelos cabelos.
- ME SOLTA,CLENERY AINGREMONT! - gritei me debatendo.
- O que ta acontecendo aqui? - falou Percy chegando.
- Não se mete,coisa! - rosnou Ursula
- Eu me meto onde eu quiser, não preciso da sua aprovação! - rebateu Percy
Clery falou:
- Nós estamos tentando apartar uma briga, não criar outra!
A Ursula e o Percy se odeiam? Vamos irritar ela mais um pouquinho? MUAHAHAHAHA
- Oi, Percy - falei sorrindo.
Ele olhou para mim e piscou um olho para mim entendendo aonde eu queria chegar.Então,meu verdadeiro problema chegou, sorriu sarcasticamente e disse:
-Arrumando problemas, Leal? - Leo falou
Não sei por que mas, meu coração disparou e fiquei mais calma mas, é óbvio que não foi por ele, claro que não, né?
- Não te interessa, cuide da sua vida! - rebati.
Então uma garota chamou a Clery para ir ao chalé de Atena, já que Clery é filha da mesma, então Clery me abraçou e foi ao encontro da garota, olhei para frente e Ursula estava olhando para onde Clery tinha acabado de sair. Me aproximei dela, apontei o dedo indicador para ela e falei baixo para só quem nos cercasse ouvisse:
- Isso não vai ficar assim!
E fui para o chalé de Hermes para pegar minhas coisas e ir para o chalé de Ares.
Vamos ver:
Espada? Confere
Roupa?  Confere
Celular? Hum, vou ter que me livrar dele. Depois faço isso.
Armadura? Confere.
Bem, está tudo certo. Fui em direção ao lago e joguei meu celular no mesmo, fiz um minuto de silêncio (sim, eu sou idiota! :p). Quando cheguei no chalé, havia uma garota e um garoto deitados no beliche que havia no chalé. Quando perceberam minha presença, se levantaram e a garota foi a primeira a se apresentar:
- Oi, novata. Bem vinda ao chalé de Ares. Meu nome é Julia.
Pensei que seriam mais ignorantes mas ok.
- Oi - se aproximou o garoto - meu nome é Igor e sou o chefe do chalé de Ares.
- Prazer, meu nome é Isabel - respondi.
- Bem, se instale e depois lhe mostrarei o chalé.
- Mas, eu já to vendo ele e é bem pequeno para fazer um tour - falei fazendo Julia rir e balançar a cabeça negativamente.
- Tem certeza? - Igor falou piscando o olho esquerdo.
Eles saíram e procurei um beliche que não estivesse ocupada com armas e afins. Quando achei uma (a parte de cima de uma beliche ao lado da janela), coloquei minha mochila e minha mala ali, subi para descansar um pouco enquanto Igor não voltava (Isabel: benção de Hipnos faz isso/ Clenery: Só que você não tem benção de Hipnos). Quando ele voltou, me deu um tapa na testa e falou para eu levantar. Desci do beliche e fui em frente a uma mesa onde carregava uma caixa de som e acima havia uma cabeça de javali empalhada.
- Vamos começar o tour aqui? - perguntei
- Sim - falou Igor procurando algo na mesa, quando achou abriu um sorriso de satisfação e se afastou:
- Melhor ir para trás - avisou ele.
Então a parede foi indo para trás e foi para o lado direito devagar até dar lugar a uma passagem.
- Vem - ele falou pegando na minha mão e me guiando no lugar escuro e acendeu a luz e vi outra porta, que agora era de metal, Igor abriu, vi um feixe de luz sair da porta, fui me aproximando e me deparei dentro com uma arena de treinamento só que mil vezes melhor do que a do acampamento, tinha inúmeras armas e manequins para lutarmos, e armaduras de ferro, prata, couro (Isabel: momento Minecraft/Clenery: Oh, viciada!). Fiquei muito empolgada; saí correndo em direção as armaduras e o Igor falou:
- Pode pegar uma para você, se quiser.
- Ok, depois eu escolho - mandei um sorriso para ele e voltamos para o chalé.
Estávamos indo ao pavilhão de jantar. Enquanto comíamos, não sei por que mas meus olhos foram parar direto para a mesa dos filhos de Hefesto e parar em tal pessoa e perceber que essa pessoa está olhando diretamente para mim. Já sabem de quem eu estou falando, né? Para os desinformados, sim Leo Valdez.
Fomos para o chalé e vi que havia uma fila para ir ao banheiro, então aproveitei e peguei minha toalha, pijama e fui para a fila. Quando cheguei no banheiro, tomei banho e troquei de roupa. Só quando olhei minha cama, percebi o quanto estava cansada, logo que deitei adormeci.

“Estávamos (Eu, Clery, Ana Clara, Ursula, Percy, Leo e mais 5 desconhecidos) em frente ao templo de Atena. Em flashs, apareceram Percy, Clery, Ana Clara, Ursula, o idiota do Leo (o que ele ta fazendo aqui?) e mais 5 pessoas que não sei quem são, e todos nós lutando com monstros. No local tinha uma pedra alta e em cima havia uma caixa de ouro pequena com um rubi enorme cravado no meio. Então, a seguinte cena me assustou bastante, eu estava beijando Leo Valdez, isso mesmo o que você leu, Leo Valdez, estávamos numa praia e ele estava me entregando algo, depois me beijou de novo. Do nada, a cena mudou para uma Clery ferida e um garoto vestido de preto que estava cuidando de seus (Clery) ferimentos. Depois mudou a cena com uma voz meio desgastada falando:
- Deverão seguir até a antiga civilização
Para levar a caixa de Pandora ao Olimpo
Uma ameaça maior que Cronos está por vir
Nove semideuses e duas caçadoras deverão seguir
Então a cena mudou para uma em que eu estava caindo em direção as rochas que ficavam no mar.”

Acordei no susto e suada, fui em direção ao banheiro e lavei o rosto. Como assim 2 caçadoras? E quem era a dona daquela voz estranha? E como assim eu estava beijando o Leo? Olhei para o reflexo que batia no banheiro e percebi que vinha da lua, me aproximei da janela e fiquei olhando ela lá, sozinha e linda. Depois voltei para o banheiro, tomei um banho para tirar o suor e enquanto a água escorria pelo meu corpo, eu pensava naquela caixa em cima da pedra. O que era aquilo? Por que seria tão importante a ponto de fazer vários monstros a protegerem? Sai do banho, me vesti e me deitei na cama novamente,ainda pensando no sonho até adormecer.

avatar
Clenert
Escritor(a) Padrão

Mensagens : 13
Popularidade : 0
Data de inscrição : 15/06/2013
Idade : 22
Localização : Rio de Janeiro
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Romance

Ver perfil do usuário http://www.twit7.blogspot.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

The Biggest Adventure - Capítulo 05 - A Briga e Novos Chalés [+13] :: Comentários

Nenhum comentário.
 

The Biggest Adventure - Capítulo 05 - A Briga e Novos Chalés [+13]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: LIVROS-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.