Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

  Digimon - Um Caos A Ser Controlado - Capítulo 04 [+16]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
29072013
Mensagem Digimon - Um Caos A Ser Controlado - Capítulo 04 [+16]

Clique aqui para ver todos os capítulos desta história!

[img][/img]

Tema do Anime / Mangá:
Digimon

Gêneros:
Ação, Amizade, Aventura, Ficção Científica, Universo Alternativo,

Clique aqui para ver as Informações Iniciais:
 


Dizer que Gallantmon estava enfurecido seria eufemismo. Apesar de ser um Digimon que vive sempre dentro de sua armadura, suas expressões faciais eram facilmente reconhecíveis por qualquer observador. Sua mente circulava nas memórias da "conversa" com Omnimon, um amigo que considerava ser seu melhor na Ordem. Discussões como aquela eram raras, mas sempre tinham umjeito de fazer as pazes. Dessa vez, não podia-se dizer o mesmo. A amizade que tinha com seu domador, Matsuda Takato, anos atrás valia mais que qualquer coisa, incluindo ordens do próprio governante supremo do DigiMundo. Omnimon sabia de seu passado e não tinha nenhum problema com isso, até porque o próprio criador da Ordem, Imperialdramon PM, também já foi parceiro de um humano.

Mas insultar a lealdade que tinha com Takato foi um golpe baixo, um que não iria perdoar tempos por vir.

Agora que foi banido do domínio dos Cavaleiros Reais, Gallantmon sabia que seria uma questão de tempo até mandar alguém da Ordem, muito provável ser o próprio Omnimon, atrás do humano. Com ele fora, apenas Magnamon e Omnimon estavam sozinhos na responsabilidade do nodo Verdandi. Não demoraria para Yggdrasil ordenar o extermínio do rapaz.

E como o humano só apareceu há dois atrás, era bem provável que ainda fosse novato em como sobreviver no DigiMundo e mais provável ainda, que seu parceiro ainda não fosse forte o bastante para ficar preparado para a ameaça do Programa X. Sentindo a presença do rapaz, ele logo achou a posição dele perto de uma floresta ao sudeste.

Tinha um plano em mente, mas ao mesmo tempo estava arriscando uma aproximação pacífica com o humano. Com certeza, era uma boa maneira de ajudá-los a ficarem mais fortes de qualquer maneira. Até porque a segunda fase do Projeto Arca seria acionada em breve, então o Escolhido precisaria de alguém para treiná-lo.

OOO

Já era de noite quando nossos heróis saíram da Floresta Chip e entraram numa campina que parecia ser área de transição entre a floresta e o deserto. Lá, descobriram um pequeno lago cercado por um jardim de flores, que servia para acampar e atear uma fogueira.

A jornada tinha sido cansativo para os dois Digimons já que passaram a maior parte do tempo correndo durante o dia. BlackRenamon até ficou surpresa com a resistência que Dorumon havia mostrado durante a pequena jornada. Havia se enganado antes quando pensou que ele não tinha a mesma condição atlética que ela.

Ivan havia se pronunciado que iria se encarregar de montar o acampamento e atear a fogueira. BlackRenamon tinha imediamente se recusado dizendo que ainda tinha forças para trabalhar, mas Ivan discordou e insistiu para que relaxasse. Sabendo que não iria vencer na discussão, ela relutantemente concordou e deixou o rapaz fazer o que queria. Normalmente, ela ficaria enfurecida logo de cara com um ato desse por acharem que estava incapaz naquele momento, mas percebeu nos olhos de Ivan que não estava fazendo aquilo por pena dela. Na verdade, era preocupação e consideração pelos esforços que ela e Dorumon fizeram na viagem. Claro que não precisava fazer isso, mas ao mesmo tempo tinha ficado feliz pelo cavalheirismo do humano.

Enquanto ele buscava gravetos secos caídos perto das árvores próximas, os dois Digimon procuraram descansar na margem do lago, aproveitando para matar a sede e conversar um pouco. Conversando com Dorumon, ela percebeu que parecia ser uma mãe adotiva dele quando perguntava sobre coisas estranhas tinha visto na jornada dele. A maioria eram informações que eram bem básicos para a maioria dos Digimon, mas, como Dorumon era uma criança ainda, era compreensível fazer tais perguntas.

No entanto, naquele momento, a conversa tinha chegado a um patamar em que BlackRenamon ficou incerta em dar prosseguimento.

"Foxie, você conhece Ivan há dois dias, né?" Dorumon perguntou.

"Sim, o que tem ele?"

"Você sabe de onde ele veio? Digo, como é o mundo dele?"

Na verdade, essa era uma pergunta que ocupava sua mente desde que conheceu o humano. Olhando para o luar no céu, deliberou sobre o assunto. Normalmente, ela não gostava de invadir o espaço pessoal de alguém, mesmo que nunca tivesse alguém para fazê-lo companhia antes, até porque gostava quando tinha o seu preservado. Por isso, não era de seu costume conversar sobre tais futilidades. Mas, para ser honesta, estava curiosa em saber essa informação, claro se Ivan não importasse em dizer.

Depois de organizar seus pensamentos, o que havia levado apenas poucos segundos, ela finalmente respondeu. "Hmm... também não sei como é. Nunca falamos de nossas vidas desde que nos conhecemos, mas já é algo por onde podemos começar quando ele voltar."
Satisfeito com a resposta dela, Dorumon seguiu seu olhar para a Lua. "Sabe, acho que o mundo dele não pode ser assim tão ruim como o nosso."

BlackRenamon riu levemente. "Pela reação dele ontem, talvez não seja como você esteja pensando."

Dorumon olhou-a confuso. "Como assim?"

Ela sorriu, lembrando a risada inocente dele enquanto pulava sobre as árvores. "Quando viu esse mundo pela primeira vez, ele ficou tão entusiasmado que nem parecia ter a idade que tem agora. Devia ter visto a cara de pateta dele quando eu carregava ele enquanto pulava pelas árvores até minha casa." Disse ao mesmo tempo se divertindo com a memória.

Ela olhou para trás na direção em que Ivan tinha ido pegar a lenha para a fogueira. Estava demorando mais do que tinha previsto, na opinião dela. "Vamos lá ver como Ivan está indo. Ele tá demorando muito."

"Okay." Dorumon levantou e a seguiu.

OOO

Ivan não tinha ido muito longe como BlackRenamon pensava. Como a mochila já estava cheia de suprimentos, não havia outra sacola para colocar os gravetos para tornar seu trabalho mais fácil. Então, tinha que usar os bolsos de seu casaco vermelho e sua calça jeans como improvisação. Só faltava agora duas pedras para fazer o fogo. Graças a sua experiência em dias de acampamento que sua escola, já tinha o macete de todo o procedimento.

Assim que conseguiu os materiais que queria, se dirigiu de volta ao acampamento. Mas, antes de até mesmo o primeiro passo, se viu distraído ao perceber um zunido vindo acima dele. Quando olhou em sua direção, viu um vulto enorme descendo do céu. Assim que colocou os pés no chão, Ivan conseguiu ter uma visão clara com a ajuda da luz da Lua. O sujeito a sua frente tinha aproximadamente uns 6 metros, vestia uma armadura de prata com detalhes vermelhos encontrados nas joelheiras, ombreiras, botas e no capacete. Também usava uma capa longa vermelha que velava conforme o vento soprava. Seus olhos era amarelos e grandes, e ameaçadores já que olhava Ivan com uma intensidade que o fazia se desequilibrar.

De repente, as armas dele misteriosamente se teleportaram para seus braços. Na sua esquerda, um escudo branco e amarelo com um símbolo estranho vermelho, o mesmo que do centro do peito da armadura. Na direita, uma lança parecida com as usadas naqueles eventos de duelo entre cavaleiros. Ivan se assustou quando o Digimon apontou bruscamente sua lança para ele.

"Onde está seu parceiro, humano?" Ele disse em uma voz severa.

Ivan se recuperou em pouco tempo, tentando não mostrar o medo que tinha tomado seu corpo. Afinal, seria uma visão decepcionante em frente de Foxie e Dorumon. "O que você quer com ela?"

"Um duelo. Entre mim e vocês dois, quero ver se vocês têm o poder para derrotar meu Lorde Yggdrasil."

Foi então que percebeu que, na sua frente, estava um dos Cavaleiros Reais. "Você acha mesmo que vou arriscar a vida dela por causa de um duelo?"

O sujeito pareceu não mostrar reação. "Eu não estou pedindo, garoto. Sei que 'ela' está aqui por perto. Se não aparecer, as coisas vão se complicar."

"Eu aceito seu desafio!"

Olhando à sua direita, Ivan viu BlackRenamon junto com Dorumon. Os dois pareciam no modo fera já que seus olhares pareciam ter um visual animalesco.

"Ivan, afaste-se dele! Ele é um Cavaleiro Real!" BlackRenamon gritou. Ivan nem precisou que ela dissesse uma segunda vez, e correu até ficar atrás de seus amigos.

Com Ivan seguro, BlackRenamon e Dorumon se voltaram para o Cavaleiro Real na frente deles. "Então, você é o Gallantmon, um dos lacaios de Yggdrasil. Não sei como sua Ordem ainda continua tendo esse nome depois do que ouvi sobre você." BlackRenamon começou.

Gallantmon ficou sem responder por um momento. Parecia que aquelas palavras tinham o afetado por algum motivo. De repente, ele entrou em posição de batalha e olhou para BlackRenamon. "Esse duelo é apenas entre mim e você, BlackRenamon. Espero que esteja pronta!"

Ivan e Dorumon se afastaram para dar mais espaço aos lutadores, e também para ficar a uma boa distância dos ataques.

BlackRenamon sabia que não tinha chance contra um Digimon na forma Extrema, aindda mais um Cavaleiro Real. Se quisesse sair sem muito dano, teria que usar estratégia.

"En Garde!" Gallantmon avançou e desferiu um corte horizontal com sua lança em BlackRenamon, mas a raposa se desviou a tempo. Usando o momentum do inimigo, ela rapidamente usou Shadow Paw no capacete dele. Era uma tática boa e servia para confundir o inimigo por um tempo. Mas como Gallantmon era do atributo Vírus e ela era de Dados, seu ataque não surtiu muito efeito.

"Esperta, mas não é forte o bastante." Gallantmon comentou. Depois, ele rapidamente se virou e usou o escudo para atingí-la com tamanha força que a fez voar alguns metros até se arrastar pelo chão. Como não tinha uma pele de proteção natural, ataques como esses eram o suficiente para nocautear outros de sua espécie, mas BlackRenamon não era como os outros. Seus anos de treinamento em sua casa a ajudaram a resistir a dor e se levantar pronto para outra.

Para ser honesto, Gallantmon tinha ficado um pouco impressionado. "Devo admitir, poucos do nível Novato teriam se levantado depois de um ataque de um Extremo como eu. Você tem potencial."

Com isso, BlackRenamon pulou bem alto e assim que tinha Gallantmon na mira, usou seu ataque de assinatura.

"Obsidian Storm!"

Gallantmon levantou seu escundo para se proteger do ataque e mesmo as ocasionais folhas negras que atingiam o corpo dele nem consiguia fazer muito dano em sua armadura. Depois, ele atacou com uma investida de escudo enquanto BlackRenamon ainda voltava ao chão. Sem ter como se defender, a força do impacto a fez voar de novo.

Mas, ela ainda se recusava a desistir. Se levantava toda vez que ia para o chão e tentava uma nova tática. No entanto, nada funcionava conforme seu cérebro pensava e sempre acabava sendo contra-atacada pelo Cavaleiro Real.

Depois de cinco minutos de luta, o corpo dela já reclamava enquanto tentava se levantar do último ataque dado por Gallantmon. Seu corpo queria desistir, mas sua mente não obedecia. Com os dentes rangendo, se recusava a aceitar a derrota na frente de Ivan.

Ivan só podia assistir sua parceira sofrer. Mesmo sabendo que era duelo, ele estava desesperado para fazer algo, qualquer coisa, para ajudar, mas não sabia o quê. Não era forte o suficiente para causar qualquer dano a um Digimon de seis metros vestido de armadura. O melhor que podia fazer era ficar no caminho; uma coisa que BlackRenamon o havia avisado antes. Mesmo assim, ele não conseguia aguentar vê-la desse jeito. Não era porque sem ela ele certamente iria morrer nesse mundo, ou porque ela era sua parceira, e nem era porque eles eram a única chance do mundo. Ele tinha que fazer algo porque BlackRenamon tinha virado sua amiga. Se alguma coisa acontecesse com ela, Ivan não saberia o que fazer.

À sua esquerda, estava Gallantmon com uma mão estendida diante dele como se estivesse preparando alguma magia. À sua direita, estava BlackRenamon respirando pesadamente e mal se movia. Mais um golpe, Ivan percebeu, e ela já era. Se tinha de fazer uma coisa, essa era a hora.

Ivan ouviu Gallantmon gritar seu ataque, como BlackRenamon tinha feito com seu ataque assinatura, e viu um feixe de quadrados verdes se concentrar ao redor da mão dele como se tivesse ganhando energia.

Ivan se moveu mesmo antes de saber o que estava fazendo.

Não havia tempo para chegar em BlackRenamon e muito menos Gallantmon, então o rapaz se jogou entre os dois, plantando seus pés firmemente na terra e manteve os braços abertos como se estivesse pronto para dar um abraço. De atrás, ele podia ouví-la gritando para sair do caminho, mas não havia tempo, mesmo que ele quisesse sair.

Naquele mesmo instante que BlackRenamon gritou, Gallantmon abriu fogo, e Ivan se deparou com um ataque que era para apenas deletar seres digitais. Como uma criatura de carne e osso, ele não podia ser deletado, mas ainda não seria imune à explosão. Uma dor, como de milhões de volts de eletricidade, atingiu seu corpo, o que causou sua cabeça ir para trás e todos os seus nervos debaixo de sua pele gritarem como se estivessem pegando fogo.

Queria gritar, mas nada saia de sua garganta. Misericordiamente, o choque só durou dois secundos, mas era todo o tempo necessário para o estrago ser feito. Ivan balançou seus pés por um momento e então desmaiou. Estava inconsciente antes mesmo de cair no chão.

avatar
Nightingale93


Mensagens : 6
Popularidade : 0
Data de inscrição : 10/07/2013
Idade : 24
Localização : Aracaju
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Ficção Científica

Ver perfil do usuário http://nightingale93.chatango.com/fpix?nightingale93
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Digimon - Um Caos A Ser Controlado - Capítulo 04 [+16] :: Comentários

Eu vi um errinho na palavra segundos, você escreveu secundos, dar uma arrumadinha.
Mais o resto em si está legal.
 

Digimon - Um Caos A Ser Controlado - Capítulo 04 [+16]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: ANIMES / MANGÁS-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.