Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

  The Biggest Adventure - Capítulo 07 [+13]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
11092013
Mensagem The Biggest Adventure - Capítulo 07 [+13]

Clique aqui para ver todos os capítulos desta história!

[img][/img]

Tema do Livro:
Percy Jackson

Gêneros:
Aventura, Furry, Universo Alternativo, Death Fic,

Clique aqui para ver as Informações Iniciais:
 


Clenery P.O.V’s
Sentei na cama e respirei fundo. Estamos no acampamento não faz 1 semana e já vamos sair para uma missão. Eu, concerteza, não estou preparada. Simplesmente travei quando a minha professora de inglês virou uma Equidna. Deixei Isabel à pura sorte. E quando fomos enfrentar o ciclope fui acertada e desmaiei. Como eu posso ajudar as pessoas desse jeito? Como vamos fazer quando estivermos lutando se eu fugir ou desmaiar? Eu não estou preparada! Mas a Isabel me quer nessa missão. Ela confia em mim... O problema é que eu não confio em mim. Não sei o que fazer! No captura à bandeira eu dei sorte, mas mesmo assim ralei o joelho.
Inconscientemente passei a mão pelo joelho que foi ralado há 2 dias atrás. Havia acontecido tanta coisa desde 2 dias atrás que parecia que eu ralei o joelho há meses, mas a dor quando eu tocava no local deixava claro que realmente foram há 2 dias atrás.
Outra coisa que ia atrapalhar muito na missão, um fator bem pequenininho. EU SOU UM DESASTRE! Você se surpreenderia com o número de desastres que posso realizar em 1 hora.
Ouvi Brenda se aproximando:

  • - Por favor, tome cuidado! A última de nós, filhos de Atena, que saiu em uma missão... Bem... Annabeth não voltou mais - diz Brenda abalada
  • - Eu não sei se consigo fazer isso, Brenda - me levanto desesperada
  • - Você consegue! É filha de Atena! Annabeth apenas não deu sorte... - Brenda tenta me consolar
  • - E o que a faz pensar que EU darei sorte? Eu nunca tenho sorte! - digo
  • - A missão era complicada - diz Brenda - A de vocês...
  • - Buscar a Caixa de Pandora - a interrompi - para impedir que o Olimpo e o mundo todo seja destruído. Eu sei a história da Caixa de Pandora! E é isso que me apavora! Porque eu mal cheguei ao acampamento e já estou indo para uma missão. Se nós, semideuses escolhidos para a missão, falharmos não terão outros semideuses para “continuar” a missão - começo a sussurrar - Se Têmis conseguir obter e abrir a caixa, doenças e tudo de mal no mundo se espalhará. Não haverão deuses que poderão impedir isso! E se a chama do Ocidente se apagar: Adeus, deuses. Adeus, Olimpo!

Eu estava em pânico. Respirei fundo.

  • - Quem as caçadoras escolheram para ir? - perguntei - Você sabe?
  • - Beatriz Denver e Manuela França - respondeu Brenda
  • - Sabemos que seremos eu, Isabel, Ursula e Ana Clara. Essas duas caçadoras. Isabel escolheu Percy e Leo para irem também, o que me surpreende eles se odeiam!
  • - A parte da profecia dizia que tinha que escolher um garoto que ela não suportasse - Brenda se sentou em seu beliche
  • - É, verdade - concordei - São 9 semideuses e 2 caçadoras. Eu, Isabel, Percy, Ursula, Ana Clara e Leo somos 6. Mais as caçadoras somos 8. Faltam 3 semideuses.
  • “Três desconhecidos”
  • - Ah, que maravilha! - ironizei - Se são desconhecidos como é que... - fiz um gesto qualquer com as mãos
  • - Eles são desconhecidos para Isabel, que é a quem Rachel se referia na profecia
  • - Tá mas eu não conheço alguém que a Isabel não conheça. Do acampamento, digo.

Momentos de silêncio, Brenda estava pensando quando ela exclamou:

  • - Percy!
  • - Nós conhecemos o Percy - franzi o cenho, confusa
  • - Não é isso! Percy pode indicar os 3 semideuses que faltam. Ou 3 semideuses se voluntariam.
  • - Todos estão tão assustados com essa missão quanto eu. Duvido que 3 semideuses irão se voluntariar!
  • - Então você e Isabel falem com Percy! Ele está aqui há bastante tempo! Conhece vários semideuses capazes de ajudar vocês.

Ela se levantou do beliche e saiu, me deixando sozinha com meus pensamentos. “Será?”.
Peguei uma mochila e coloquei roupas, a sacola de couro que meu pai me deu (sinto que será útil), as minhas adagas e uma espada (“Você não vai conseguir ficar se defendendo com adagas toda hora” argumentou Carla, algumas horas depois de Rachel citar a profecia).
Entrei no chalé de Ares recebendo olhares fuzilantes.

  • - O que houve? - perguntou Isabel
  • - Precisamos falar com o Percy - declarei.





Isabel P.O.V’s
Entrei no chalé com uma sensação estranha de adrenalina. Eu mal podia esperar para a missão começar. Era minha primeira missão! Eu estava ansiosa e, mesmo que não estivesse, jamais admitiria isso.
Avisto Júlia olhando para a parede e começo a arrumar a mochila.

  • - Está de brincadeira comigo? - diz Júlia
  • - Não... Eu acho que é sério - respondo

Ela se vira para mim.

  • - Não estou falando da missão! - rosna - Por que está andando com Jackson?
  • - Ah, ele é legal - dou de ombros
  • - Ele desafiou nosso pai - fala espantada, como se tivesse escutado mal o que eu disse
  • - E?

Ela balança a cabeça em negação.

  • - Você é uma decepção para os filhos de Ares - se levanta e sai do chalé.

Reviro os olhos, neutra. E o que eu tinha a ver com a rixas que meu pai tem?
Ouço o barulho da porta abrindo e percebo que alguns dos meus irmãos olham com raiva para alguém. Olho para trás e vejo Clenery.

  • - O que houve? - pergunto
  • - Precisamos falar com o Percy - responde puxando o meu braço
  • - Mas por que? - pergunto já fora do chalé
  • - Como você espera que concluamos a missão com três semideuses faltando?
  • - Quatro - a corrijo
  • - Se está falando da “pessoa que mais odeia” está na cara que é o Leo. E se não é, não temos tempo para arrumar outra pessoa
  • - Eu não... - paro de falar.

Ela me olha com a sobrancelha erguida.

  • - Não parei para pensar nisso - acrescentei rapidamente.

A última coisa que preciso é que Clery pense que eu não odeio o Leo. É claro que o odeio! Aquele sonho foi apenas um sonho! E nada mais!

  • - Tudo bem... Três semideuses! Percy conhece bem o acampamento. Poderá nos ajudar - ela murmura.

Estou com a sensação de que ela não está falando isso para mim exatamente. Então, Clery começa a andar e eu a sigo. Encontramos Percy um pouco afastado da linha dos chalés.

  • - Hey! - o cumprimento
  • - Hey! - responde meio distraído
  • - Percy, precisamos da sua ajuda - se manifesta Clery
  • - Com o que? - pergunta Percy olhando para a Clery
  • - Bem, a profecia fala dos três desconhecidos. Como a profecia diz: três desconhecidos. Ou seja, não sabemos quem são. Você poderia arrumar três semideuses para a missão? - pergunta Clenery
  • - Talvez - diz Percy voltando a olhar para a frente.

Fica um silêncio constrangedor por menos de um minuto. Até que Percy começa a caminhar.

  • - Vocês não vem? - pergunta andando.

Troco um olhar com Clery e começamos a andar na direção dele. Percy vai passando pelos chalés.

  • - Aonde estamos indo? - pergunto
  • - Chalé de Hades - Percy responde vagamente.

Percebo Clery ficar pensativa. Na boa: o que esse povo anda tomando? Primeiro o Percy agora a Clery. Que eu não seja a próxima!
Paramos em perante um chalé vagamente afastado dos outros. Percy bate na porta e uma menina abre. Ela tinha olhos entre um tom de verde e cinza, nunca pensei que alguém poderia ter uma coloração de olhos desse gênero. Também tinha cabelos negros.

  • - Não está pensando em levar meu irmão para a missão, não é? - diz a garota
  • - Precisamos dele, Bruna - diz Percy - Não vai acontecer nada com ele. Ele sabe se defender.

Bruna fuzilou Percy com o olhar e deu um passo em direção a ele.

  • - Escute aqui, Jackson - aponta o dedo para o rosto dele - Você já está marcado com Ares. Se acontecer alguma coisa com meu irmão estará marcado comigo.
  • - Não vai acontecer nada com ele - tentei intervir, mas ela me ignorou.

Eu poderia jurar que os olhos dela ficaram mais negros do que já eram. Bruna saiu do chalé apressadamente. Eu admito que, quando ela me ignorou, eu fiquei com muita raiva! Nessa hora, para piorar, o Valdez aparece.

  • - O que você está fazendo aqui, criatura desprezível? - pergunto
  • - Eu tô na missão. Quer que eu desenhe para você entender? - Leo responde irônico

Reviro os olhos. Idiota!

  • - Vocês vem ou não? - pergunta Percy entrando no chalé, eu e Leo o seguimos. Olho para trás.
  • - Você não vem? - pergunto para a Clery
  • - Vou ficar esperando aqui fora mesmo - ela responde.

Dou de ombros e volto a seguir Percy e Leo. Esse último contra minha vontade.

  • - Ela não falou nada... Suponho que ele esteja aqui - Percy diz para nós dois
  • - Isso é invasão de chalé - diz um garoto
  • - Quem é que segue essa regra? - pergunta Percy
  • - Você é o Nico? - pergunto
  • - Não existem muitos filhos de Hades - responde Nico
  • - Obviamente... - murmuro
  • - Não era para ter muitos filhos de Poseidon e Zeus também - diz Percy
  • - Chama isso de muito? - pergunto
  • - Para filhos dos três grandes: sim, é muito - responde Percy
  • - Um tratado jurado pelo rio Estige... Se alguém quebrar tem sérias consequências - murmura Leo
  • - Sabe, eu ainda estou esperando as consequências - Nico sorri - Não que eu esteja reclamando. E, tecnicamente, meu pai não quebrou o tratado. Pelo menos, não comigo.
  • - Bem, quer participar de uma missão? - pergunto encurtando a conversa
  • - Nossa! Nem um pouco direta você, hein? - diz Leo irônico, com os braços cruzados
  • - Cala a boca, desgraça - digo.

Nico olha para o Percy em um olhar de acusação.

  • - Ei! Não fui eu dessa vez! - diz Percy com os braços levantados como em um sinal de rendição
  • - Tá, né - diz Nico desconfiado
  • - É... Você é um dos desconhecidos - diz Percy
  • - Ah, valeu! - ironiza Nico
  • - Sairemos amanhã de manhã - digo - Faltam os outros dois
  • - Percy está muito enigmático hoje - diz Leo.

Percy sai do chalé e eu, Leo e Clery o seguimos.

  • - Agora vamos para o chalé de Zeus - declara Percy
  • - É impressão minha ou cada um dos três grandes tem um filho e uma filha? - pergunta Clery
  • - Basicamente... Sabe aquela caçadora? Sem ser a líder? É irmã do Percy - Leo responde Clery
  • - Hum... - digo desinteressada
  • - Nós já sabíamos - diz Clery simpática.

Como? Apenas me responda: como a minha melhor amiga consegue ser amiga desse... Traste? O que eu fiz para merecer isso?
Quando chegamos ao chalé de Zeus nem precisamos bater na porta, pois Ursula estava de saída.

  • - Oi? - pergunta Ursula meio tensa
  • - Onde está o Jason? - pergunta Percy
  • - Suspeitei que diria isso - Ursula suspira - Ele e Frank estão na arena - e, quando nos viramos, ela acrescenta - Vai me chamar para a farra? - pergunta para mim
  • - Óbvio, meu amor! - respondo.

Então, Ursula nos acompanha até a arena.

  • - Duvido que Frank aceite - Ursula diz para Percy.

WHAT? Eles não estão se dando patada? Não estão brigando? Poxa, Ursula! Acabou com a minha diversão!

  • - Ah, vai ter que aceitar! - Percy responde civilizadamente
  • - É o seu irmãozinho - diz para mim
  • - Acho que sei quem é... - respondo pensativa.

Puta merda! Estou ficando pensativa igual ao Percy e a Clery. Eu disse que isso pegava!

  • - Quem? Jason ou Frank? - pergunta a retardada da Clery
  • - Frank, idiota - respondo
  • - Não devia xingar seu irmão assim - Ursula zomba.

Ursula sai andando.

  • - Eu xinguei a Clery - murmuro
  • - Já vi que o tratamento é VIP - brinca Leo
  • - Quem é que tá viadagem agora? - pergunta Percy.

Eu perdi alguma coisa? Olho estranho para os dois. Deve ser piada particular. Acho que foi algo que eles disseram mais cedo. Leo empurra o Percy.

  • - Os dois são gays! Pronto! - diz Ursula.

Começamos a entrar na arena e vejo várias pessoas lutando. Posso ouvir Percy murmurar, ainda:

  • - Não é o que você achava...

E percebi que a Ursula, mesmo à distância, escutou porque ela corou e desviou o olhar.

  • - Ali eles! - ela aponta para dois garotos lutando com espadas em um canto da arena - Tenho que ir - diz indo na direção contrária.

Nós três nos aproximamos deles.

  • Hey, vocês são Frank e Jason, certo? - pergunto

Por que diabos estou com a mania de ficar perguntando isso para todo mundo? Na moral, tá ficando chato e repetitivo! Acho que Leo pensou a mesma coisa.

  • - Imagina! - ironiza Leo - A Ursula apontou e estava mentindo!

Olho para o Leo.

  • - Você quer perder o seu “amiguinho”? - pergunto.

Jason segura o riso.

  • - Esses dois ainda vão se matar - diz Clery
  • - Bem - me viro para Jason e Frank - Vocês aceitam participar da missão?
  • - Ok - responde Jason sem hesitar
  • - É O QUE? - pergunta Frank assustado
  • - A missão de ontem, tapado - responde Leo dando um tapa na cabeça de Frank
  • - Uma missão para salvar o Olimpo, aceita? - pergunto novamente
  • - Ah! Vamos lá, Frank - pede Jason
  • - Por favor! - imploro

Percy e Clery apenas reviram os olhos para a nossa atitude animada.

  • - Se eu morrer... - começa Frank mas eu o interrompo
  • - Não deixaremos isso acontecer, ok? - digo
  • - Sabe... - diz Leo - Acho que vou acender uma fogueira aqui
  • - NÃO! - grita Frank - EU ACEITO!

Olho estranho para o Frank e vejo que Clery tem a mesma atitude. Enquanto, Percy e Jason olham repreensores para Leo.

  • - Ótimo! - sorri Leo - Vou indo...

Leo sai andando calmamente.

  • - Graças a Zeus - pronuncio
  • - Não diga o nome dele, idiota - diz Clenery - É ‘Di Immortalis’
  • - Ah, desculpa!

Se bem que ‘Di Immortalis’ seria para uma expressão de espanto não para uma expressão de alívio, não? Ah, meu pai! Tô andando tempo demais com a Clery.

  • - Partiremos amanhã, ok? - reforço para os presentes
  • - Ah! Isso me deixa muito tranquilo - Frank resmunga.

Reviro os olhos.

  • - Vai dar tudo certo! - diz Percy tentando nos animar
  • - Isso se o Leo e a Isabel não se matarem no meio da missão - diz Clery
  • - Eu vou matar aquele garoto - concordo
  • - Ou você e a Denver - diz Percy.

Eu rio. Clenery olha confusa para Percy.

  • - Não sei do que está falando - diz Clery
  • - QUE FOME! - grito desesperada assustando Frank e Jason
  • - Nossa! - exclama Jason - Precisa de todo esse escândalo?
  • - Sim, porque eu posso morrer se eu não mor... Digo, se eu não comer - digo
  • - Se você não morrer? - Clery começa a rir
  • - Arg! Eu errei
  • - Senhorita esfomeada, não tá na hora. E não temos uma cozinha 24 horas - diz Percy
  • - Viram? - digo dramática - Eu vou morrer antes de ir para a missão. Da hora a vida!

Frank parece que se acalmou um pouco.

  • - Percy, pede para o Leo não fazer mais aquilo, tá? - Frank sussurra
  • - Calma, ele só estava brincando - diz Percy.

Eu começo a me lembrar de algumas conversas que tive no chalé de Ares e tento iniciar uma conversa com os meninos.

  • - Frank, me disseram que você é um Transformista, é verdade? - pergunto.

Clery, Jason e Percy começam a gargalhar. Os olho confusa.

  • - O que foi? - pergunto
  • - Bel, essa frase saiu de outro jeito - Clery diz gargalhando.

Coro um pouco ao perceber o sentido que a frase levou.

  • - Ah, foda-se! - digo
  • - Realmente... Tem duplo sentido - diz Jason rindo
  • - Essa gente é muito fofoqueira - diz Percy já recuperado enquanto a retardada da Clery e Jason continuavam rindo
  • - Desculpe - peço a Frank que também ficou envergonhado - Não sei fazer a pergunta, mas me entenderam, né?
  • - Frank - chama Clery com uma expressão séria e valentona - Você se transforma em animais? - ela volta para a expressão divertida - Tão mais simples!

Ela estava me imitando ¬¬ Vou deixar passar essa! A Clenery está parecendo a Ana Clara agora.

  • - Cala a boca - digo para a Clery mas repito a pergunta - Frank, você se transforma em animais?
  • - Vocês se contrariam em tudo o que falam? - Jason pergunta enquanto Frank acne a cabeça para mim confirmando
  • - Aham - respondo na mesma hora que Clenery. Depois acrescento - Caralho, que maneiro! - isso foi minha resposta para a resposta do Frank a minha pergunta. Você me entendeu!
  • - Uma filha de Atena e uma filha de Ares. Você queria o que? - diz Percy como se fosse óbvio.

É, era meio óbvio. E nosso grupo está dividido entre duas conversas... Parece não se decidir do que falar. Então eu escuto o grito:

  • - NÃO É MUITO DIFÍCIL DESCOBRIR QUEM É A FILHA DE ARES NESSE CASO

Quem adivinhar quem foi o retardado que gritou isso ganha uma balinha. Mentira, não ganha não! Se você disse Valdez estava completamente certo!
Olho para trás ameaçadora e percebo que o Leo começou a correr no momento que gritou a frase. E os retardados da Clery, Jason, Percy e Frank começam a gargalhar.

  • - Ele irá perder o “amiguinho” dele - resmungo
  • - Não faça isso - aconselha Jason ainda rindo.

Reviro os olhos.

  • - Tem certeza de que o Leo é filho de Hefesto? - pergunta Clery - Os irmãos dele parecem tão... Sérios
  • - Eles são normais - digo
  • - São carrancudos - contradiz Clery.

Jason dá de ombros. E, assim, se passou o nosso último dia no acampamento meio - sangue. Denver e Clenery tiveram uma discussão, Ana Clara me deu um puta susto que eu quase arranquei o braço dela, Ursula e Percy brigaram um pouco renovando minhas esperanças de infernizar a Ursula futuramente... Foi meio constrangedor voltar para o chalé por causa da briga que tive com Júlia. Mesmo dormindo próximas, ela me ignorou. E eu, com meu orgulho grande, também a ignorei. Então, não teve despedida com ela.




Clenery P.O.V’s
Assim que cheguei ao chalé de Atena, não pude não absorver os detalhes. Eu havia passado menos de uma semana e eu já considerava aquele o meu lar.

  • - Qual é a história da Annabeth? - pergunto para a Brenda que parece um pouco surpresa
  • - Não deveria ficar se atormentando desse jeito - diz Brenda - A sua missão será bem sucedida!
  • - Eu só quero saber...

Brenda suspira e olha para a lua lá fora.

  • - Mamãe a convocou para alguma missão que ela não podia contar para ninguém - conta Brenda - Então ela foi para essa missão e nunca mais voltou. Simples assim.
  • Mas por que ela não podia contar a ninguém sobre a missão? - pergunto estranhando
  • Provavelmente Quíron sabia. Mas ninguém podia saber. Annabeth disse que perderia a “pista”. Alguma coisa do tipo. Foi o máximo que ela falou.

Balanço a cabeça tentando absorver a informação.

  • - Eu sei que idiota pensar isso, mas... Todos acham que ela está morta. Mas... A missão dela era na Grécia. E é onde vocês vão - ela dá uma pausa - Procure Annabeth. Nem que seja uma resposta definitiva para dizer que ela está morta. Porque eu não acredito sem provas.

Olho para a Brenda e percebo que ela ficou realmente abalada com isso então concordo com a cabeça.

  • - Eu prometo!

Brenda balança a cabeça e deita na cama.

  • - Boa noite, Brenda - digo me cobrindo
  • - Boa noite - ela me responde com a voz embargada.

De repente, me sinto mal por ter feito ela contar a história. O que posso fazer para compensar isso é procurar sobre Annabeth, minha irmã.

avatar
Clenert
Escritor(a) Padrão

Mensagens : 13
Popularidade : 0
Data de inscrição : 15/06/2013
Idade : 21
Localização : Rio de Janeiro
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Romance

Ver perfil do usuário http://www.twit7.blogspot.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

The Biggest Adventure - Capítulo 07 [+13] :: Comentários

Nenhum comentário.
 

The Biggest Adventure - Capítulo 07 [+13]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: LIVROS-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.