Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

 O Guardião - Capítulo 17 - Surpresas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
03052013
MensagemO Guardião - Capítulo 17 - Surpresas



POV.Bella

Abri os olhos e já era dia, sorri ao lembrar da noite maravilhosa que passei com Edward, agora eu me sentia completa, agora eu era dele e ele era meu, olhei em volta e ele não estava mais no quarto, pra onde ele havia ido?, me senti aflita, será que ele havia ido embora outra vez?Não Edward jamais faria isso, ele prometeu nunca mais me deixar, levantei um pouco dolorida, principalmente na minha intimidade, Edward foi muito gentil ontem a noite, mas como eu era virgem acho que é normal senti um pouco de dor depois.Fui até o banheiro e parei em frente ao espelho, fiquei ali lembrando-me das maravilhosas sensações que Edward me fez sentir, ele ficou muito surpreso quando pedi pra que ele provasse do meu sangue, eu sei que isso poderia ser muito perigoso, mas eu realmente queria senti-lo me morder, ele me beijou e foi descendo seus beijos por meu pescoço, raspou delicadamente seus dentes naquela região, mas afastou-se depositando um beijo naquela área.

Flashback on

–Edward...

–Bella vamos com calma, eu não posso mordê-la, perderei meu controle ao provar seu sangue e a matarei eu não poderei existir sem você, eu te amo mais que a mim mesmo.-eu não o deixei prosseguir e o calei com um beijo, Edward continuou a me penetrar lentamente me torturando, meu corpo deu esparmos de prazer e juntos chegamos ao ápice, Edward caiu ao meu lado me puxando pra seu peito, suspirei e o beijei mais uma vez, esta com ele dentro de mim foi uma sensação indescritível.

–Eu te amo Edward, você me completa.-ele beijou minha testa.

–Eu também te amo muito Bella, durma você deve esta cansada e dolorida.-ri um pouco de sua suposição, bom era verdade, mas eu queria mais muito mais.

–Bom eu estava pensando, já que estamos só nós dois aqui, vamos aproveitar.-ele me deu um peque no sorriso e começamos tudo outra vez.

Flashback off

Estava perdida em meus pensamentos quando ouvir a porta do quarto abrir, acho que era ele me procurando, sorri com esse pensamento, sai depressa do banheiro e entrei no quarto o encontrei andando de um lado á outro, assim que me viu correu para me abraçar.

–Não a encontrei na cama, fiquei preocupado.-suspirou me apertando forte.

–Calma meu amor, eu fui ao banheiro só isso.-sorri para tranqüilizá-lo, Edward me analisou e seus olhos voaram até meu pescoço, ele passou seus dedos por ele e fez uma careta.

–Me desculpe por isso.

–Isso o que?-fui até o espelho que havia no quarto e pude ver do que ele falava, em todo meu pescoço tinha manchas roxas, sorri ao lembrar o momento que ele havia feito aquela marca, meu rosto esquentou e eu sabia que ele estava muito vermelho, virei pra ele e sorri.-Tudo bem, são só algumas marquinhas logo sai.

–Me perdoe Bella, eu não medi minhas forças, você me deixou louco ontem, não pude me controlar.-ele passou a mão pelos seus cabelos os deixando ainda mais bagunçados.

–Tudo bem amor.-andei até ele e o abracei, era tão bom sentir seus braços ao meu redor.

–Trouxe seu café da manhã, venha sente-se aqui.-me direcionou até a cama e depositou a bandeja no meu colo, ele havia preparado uma linda badeja com frutas, pães frescos, bolo de chocolate e suco de laranja.

–Onde você encontrou essas coisas?Que eu me lembre não as vi ontem na cozinha.-ele deu um lindo sorriso.

–Eu fui comprar logo cedo, comprei outras coisas também, a despensa estava quase vazia.

–Edward não precisava gastar seu dinheiro, eu já estava pensando mesmo em ir até o ...-ele me interrompeu com um selinho.

–Eu estou aqui pra cuidar de você e vou cuidar, enquanto ao dinheiro não precisa se preocupar, meu pai tem de sobra e irei usá-lo pra que não falte nada pra você princesa.-suspirei, não era bem isso que eu queria.

–Não quero que me sustente, eu vou arranjar outro emprego em breve e...

–Não, você não vai sair procurando emprego.Esqueceu o que aconteceu da última vez?-perguntou exasperado.-Eu não posso te perder Bella, se algo te acontecer e eu não estiver por perto não irei me perdoar nunca.

–Ok, tudo bem Edward, eu vou pensar em um jeito de me sustentar.

–Você é muito teimosa.-bufou.

–E você adora essa teimosa aqui.-sentei em seu colo e lhe beijei com ardor, sentir seus lábios frios nos meus era maravilhoso, nos separamos quando eu precisei respirar.

–Sim eu te adoro, e é por isso que a quero segura, agora como, você deve esta faminta depois da noite de ontem.-corei com seu comentário, continuei a comer.

–Você não se alimenta de comida não é?-perguntei .

–Não, eu e minha família nos alimentamos de sangue de animais.-engoli um pedaço de bolo e bebi um pouco de suco.

–Mas não podem comer nada?Nem um pouco de água?

–Sim, nós até podemos, mas será difícil de digerir, por isso optamos por não comer.

–Entendo, meu amor o que seu pai falou sobre nós?-olhei para a bandeja assim que a pergunta saiu de minha boca, Edward sustentou meu queixo me fazendo encará-lo.

–Carlisle é muito exigente Bella, ele não gostou nada de eu ter me apaixonado pela minha protegida, assim que eu voltei pra casa ele me proibiu de voltar aqui, tudo que eu sabia de você era por Alice, toda vez que ele se ausentava eu vinha te visitar, eu já havia pedido á ela pra me deixar voltar e ele me negou, mas é como dizem, a esperança é a única que morre.-sorrimos juntos e ele prosseguiu.-Ele me permitiu ficar aqui com você, mas me pediu pra que não deixasse nossos inimigos ficarem sabendo sobre nós, pois assim você estará correndo ainda mais perigo, Bella esse nosso mundo é perigoso e eu não quero te expor, mas sou egoísta o bastante pra não querer te deixar e ainda mais agora depois da linda noite que tivemos.

–Não se preocupe, eu farei de tudo pra não me meter em confusões e ficar segura, não quero que o seu pai mude de opinião.-dei-lhe um beijo e sorri ao sentir sua empolgação.-Bom pelo jeito vampiros se empolgam igual aos humanos, rimos.

–Apesar de ser um vampiro Bella, eu sou um homem.

–Então que tal voltarmos a praticar?-choraminguei ao seu ouvido, Edward gemeu.

–Criei um monstro , Bella você não era assim.-mordi os lábios.

–Acontece meu amor que você me mostrou as maravilhas da vida.-sussurrei ao seu ouvido, Edward ficou por cima de mim e me beijou com paixão.

[...]

–Então ele ficará aqui mesmo?-essa já era quarta vez que Nessie me perguntava a mesma coisa, rolei os olhos e assenti.-Ótimo, eu só espero que ela não te faça sofrer outra vez, porque eu juro que se isso acontecer eu mesma vou atrás dele e não será pra trazê-lo de volta, isso eu garanto.

–Não se preocupe irmã, Edward e eu nos amamos e nada nem ninguém poderá nos separar.-olhei para frente vendo o meu lindo guardião nos esperando perto de seu volvo.Edward havia voltado á escola e eu estava super feliz com isso.

–Já estava com saudades pequena.-falou ele me abraçando assim que eu cheguei perto dele.

–Eu também amor.-Nessie rolou os olhos e fez uma careta quando nos beijamos.

–Ok, agora por favor parem de tanta pegação, vocês são muito melosos.

–Como coisa que você e o Jake não ficam assim também, por falar em Jacob.Onde ele esta?-olhei ao redor e não o encontrei.

–Ele teve que voltar pra casa mais cedo.-assenti.

–Então vamos, Alice já deve esta ansiosa pra chegarmos, ela me disse que tem uma surpresa pra você meu anjo.

Edward abriu a porta para que entrássemos e tomou seu lugar ao volante, deu partida no carro e seguimos em direção a nossa casa, ri com esse pensamento, nossa casa, Edward e eu agora dormíamos juntos, ou melhor eu dormia e ele velava meu sono, não conseguíamos nos desgrudar, ao chegar em casa avistamos um carro desconhecido em frente, olhei para Edward e ele deu de ombros, assim que ele estacionou veio abrir a porta pra mim, descemos do carro e entramos, Alice estava na sala conversando com um senhor muito bonito de cabelos loiros, ao nos ver entrar ele levantou e deu um sorriso torto, o que me lembrou o meu guardião.

–Bella esse é meu pai Carlisle.-apresentou Alice.-Pai essa é Isabella.

–É um prazer conhecê-la Isabella.


avatar
Lah Salvatore
Escritor(a) Criativo(a)

Mensagens : 217
Popularidade : 1
Data de inscrição : 20/03/2013
Idade : 20
Localização : Brusque - SC
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Romance

Ver perfil do usuário http://amorantesdetudo.blogspot.com.br/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

O Guardião - Capítulo 17 - Surpresas :: Comentários

Nenhum comentário.
 

O Guardião - Capítulo 17 - Surpresas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: FILMES-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.