Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

  Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 8 []

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
15052013
Mensagem Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 8 []

Categorias do Crossover:


[img][/img]

Gêneros:


Clique aqui para ver as Informações Iniciais:
 


Eu já tremia de frio, por isso não conseguia nem dormir, mas não pediria o edredom do extresse cullen emprestado nem que eu morresse de frio, mas se bem que só um pedacinho... Não, eu não daria esse gostinho a ele. Fiquei com os olhos fechados por um tempo, abraçando minhas pernas, bem encolhida na poltrona, até que senti algo ser colocado por cima de mim, estava quente, e leve, tinha um cheiro incrível, mistura de cheiro de amaciante e algum outro cheiro maravilhoso, sim, era um edredom.




Abri os olhos lentamente e vi Edward se ajeitar de baixo do mesmo edredom. Espera aí, Edward tinha me coberto com seu edredom?




Como o edredom já estava quente eu logo peguei no sono. Acordei com um barulho de latinha de refrigerante sendo aberta, Edward comia um pastel com coca, aquela cena até me deixou com fome.




–Você quer?- perguntou me oferecendo o pastel.




Mordi os lábios pensando na mala cheia de coisas de comer que tinha trazido.




–Não!- respondi sorrindo.




–Não ia te dar mesmo- respondeu dando uma mordida no pastel.




Corei de raiva e me levantei, indo até o freezer e pegando uma coca bem gelada e um pastel na mochila. Após comer tudo, peguei uma barra de chocolate, a abri, e quebrei lentamente um tablete, o colocando na boca e mastigando.




–Hum...nada melhor que um chocolate...




Ele me olhava curioso.




–Você quer?- perguntei, pronta para fazer o mesmo que ele fez comigo após eu negar o seu pedaço de pastel. Mas para minha surpresa:




–Quero – falou quebrando um pedaço de chocolate e comendo.




Fiquei boquiaberta por um tempo, mas então cheguei mais perto dele para poder ver o filme que passava na mini TV do ônibus.




Coloquei a barra de chocolate por cima das cobertas, entre nós dois, facilitando para que ele pudesse pegar também. Estava passando Denis, o pimentinha, em uma cena engraçada eu ria e olhei para Edward que ao mesmo tempo em que ria olhou para mim, quando nossos olhares se cruzaram os dois param de rir e a partir dai a atmosfera ficou mais pesada. A cada movimento dele parecia que meu corpo tinha uma reação, ondas invisíveis de eletricidade fluíam de meu corpo para o dele e vice-versa. Era uma atmosfera tranquila, mas um tanto desconfortável, pois era como um imã que me atraia a ele. Puxei o edredom até o pescoço, para ver se isso passava, mas de nada adiantou. Fiquei por um tempo com os olhos fechados, até sentir algo pesr em meu ombro, quando abri meus olhos Edward dormia tranquilamente, com a cabeça em meu ombro, não tive coragem de empurrá-lo, até que não era tão desconfortável a cabeça dele ali. Escorei minha cabeça na dele e dormi.




********************************************




¨Eles não são lindos juntos?¨- acordei com sussurros de Alice.




¨Enquanto domem né¨-respondeu uma voz grossa e calma-¨porque depois que acordam só faltam se matar¨-era Jasper quem falava com Alice.




¨É verdade, mas eles ainda vão ficar juntos¨




Mexi com minha cabeça e senti algo fazer cócegas em meu pescoço, era o cabelo de Edward, ele ainda dormia?




Puxei de leve o ar e senti seu cheiro, ele era incrível, era uma mistura de seu cheiro próprio com cera capilar de girassol. Fiquei por um tempo sentindo sua respiração leve em meu pescoço, então me mexi mais uma vez e ele acordou um pouco assustado, mas por incrível que pareça ele sorriu ao me ver.




Ele se levantou e foi até o banheiro, passando exprimido por minha poltrona e o banco da frente.




Fui até o freezer e peguei um copo de café em uma garrafa térmica que ali encontrei, Edward saiu do banheiro e ficou me olhando.




–Que foi? Nunca me viu?- perguntei o encarando.




–Se você não notou eu quero café também, então se puder me dar licença...




Peguei o café e fui sentar.




Logo ele veio e tive que me levantar para ele passar, quando ele sentou eu revirei os olhos para ele e peguei um folhado de chocolate para comer com o café.




Eram seis e pouco da manhã, ainda tínhamos umas sete horas de viajem.




Olhei para Alice e Jasper e imaginei que Emmett e roselie deviam estar juntos.




–Qual é o lance entre Emmett e Roselie?- perguntei olhando para Edward.




–Que lance?- me olhou com um sorriso falso. Nossa ele menti muito mal!




–Ou você é muito burro e não percebeu nada ou está se fazendo!




–Olha eu não sou burro!




–Ah não?- olhei surpresa para ele- Então cadê Tania?




–Ela está com sua irmã, Irina.




–Ah bom, porque ficar com a irmã em um ônibus é melhor do que estar com o namorado- ergui as mãos em um rendimento, usando sarcasmo total.




–Ele gosta dela- falou depois de um tempo.




–Quem? Da Tania?




–Não - revirou os olhos- Emmett é apaixonado por Roselie- sussurrou em meu ouvido – me fazendo arrepiar toda.




Bem o que eu imaginei.




–E por que ele não diz isso para ela?




–Por que ele acha isso absurdo por eles serem primos.




Para mim isso não impedia nada.




–Ah... e Alice e Jasper? – ele enrijeceu.




–Ali não tem nada!




–Como não? Eles se amam, da para ver no jeito que se olham.




Olhamos para os dois que sorriam um olhando para o outro.




–Não, Alice nunca ficaria com Jasper! Eles são primos.




Ri da situação.




–É a mesma situação de Emmett Edward!




–Não é não!




–Não é porque ela é tua irmã?




–Não, porque... porque... Ah deixa pra lá.




Dei de ombros e dobrei o edredom dele, já que não estávamos mais usando e joguei nele, entregando para ele guardar, ele me olhou torto e guardou.




Fui até o banheiro e quando me vi quase enfartei, meus cabelos pareciam uma maçaroca, e minha cara nem se fala. Escovei os dentes e tentei arrumar meus cabelos com os dedos mesmo, mas não adiantou muito. Voltei para minha poltrona ao lado da de Edward.




Após um tempo sem fazer nada peguei um livro para ler, estava tranquila até que comecei a ouvir uma música, era rock pesado e vinha dos fones de ouvido do Edward, tentei me concentrar mais uma vez na leitura, mas aquilo estava irritante de mais.




Tirei um de seus fones e gritei em seu ouvido.




–Será que dá para abaixar o volume disso? Tem gente querendo ler!




Ele olhou pra mim e meu livro e sorriu irônico, então colocou o volume no máximo e voltou a por os fones.




Fechei meu livro irritada, tirei seus fones, arranquei o seu celular de suas mãos, pausei a música e joguei longe os fones de ouvido, em direção aos banheiros.




Ele me olhou desesperado.




–Você não fez isso?




–Fiz, e faço de novo se quiser!- respondi semicerrando os olhos.




Ele balançou a cabeça e foi atrás dos fones de ouvido. Demorou um pouco então fui o ajudar, mas onde estavam esses danados? Dei uma rápida olhada para dentro da primava do banheiro direito, sorri nervosa, não é que os fones estavam ali?




Edward acompanhou meu olhar.




–Isabella! Meus fones estão na privada!



avatar
Lah Salvatore
Escritor(a) Criativo(a)

Mensagens : 217
Popularidade : 1
Data de inscrição : 20/03/2013
Idade : 19
Localização : Brusque - SC
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Romance

Ver perfil do usuário http://amorantesdetudo.blogspot.com.br/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 8 [] :: Comentários

Gargalhei com os cabelos maçaroca... kkkkkkkkkkkkkkkk os fones na privada......... chorando aqui....
 

Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 8 []

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: CROSSOVER-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.