Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

  Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 12 []

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
15052013
Mensagem Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 12 []

Categorias do Crossover:


[img][/img]

Gêneros:


Clique aqui para ver as Informações Iniciais:
 


Estava me levantando quando ouvimos um berro, eu conhecia aquela grito, era Alice!




Alaric levantou-se em um pulo e correu acompanhado de mim até Alice que estava mais a fundo na caverna escura.




–O que... No momento que ele ia perguntar sobre o que estava acontecendo ele parou e olhou para o chão, ali caída, estava a menina de cabelos loiros cacheados, a qual desmaiara no episódio com os morcegos, ela sangrava pela boca.




Alaric se abaixou, ficando de joelhos ao lado da menina, colocou a mão em seu rosto e fez uma expressão incompreensível.




Alice tremia agarrada a Jasper, as suas lágrimas rolavam assim como sua histeria.




–Ela... ela está bem professor?- Arrisquei a perguntar, ele me olhou triste e negou.




–Ela está morta!- O silêncio se formou na caverna, ninguém falou, apenas os soluços de Alice ecoavam pelo recinto.




P.D.V. Narrador




Nesse momento eles não imaginavam que só começava a guerra pela sobrevivência ali dentro, eles nunca imaginariam o que os esperava...




Em uma parte mais escura da caverna, Edward procurava por Tanya com certa excitação, tinham combinado de se encontrar mais cedo, mas ela não aparecera, talvez tivesse se perdido pensava ele.




Edward andou mais a fundo na caverna, cada vez mais adentro, então começou a ouvir sussurros, alguém estava ali, será que era algum aluno se divertindo as escondidas? Ou Tanya que tinha se perdido?




Ele se aproximou mais do som, alguém gemia, ele conhecia aqueles gemidos, Edward observou de longe dois vultos encostados nas paredes gélidas da caverna, semicerrou os olhos para enxergar melhor, mas não conseguia devido a escuridão ali dominante, aproximou-se mais ainda e pode ver Tanya Denali com sua saia curta e rodada acima da cintura, sua blusa não estava mais em seu corpo, pois só usava o sutiã rosa, e Mike Newton tentava esse afastar de seus seios. Os dois estavam tão entretidos no amasso fogoso que não notaram a aproximação de Edward, só perceberam sua presença quando esse falou:




–Tanya?-Ele parecia não acredita que tinha sido trocado pelo... pelo Newton, eu sou melhor que ele...Pensava Edward...




–Edward? – Mike Newton soltou o sutiã de Tanya e se afastou dela, que arrumou a saia e procurava pela blusa em meio a escuridão.




–Como você pode? Como você me trocou pelo Mike? Pelo Mike Tanya?




–Ah fica quieto Edward!- Protestou Mike Newton.




–Fica quieto você seu babaca!




–Edward não fale assim! – Tanya tentava pensar em uma desculpa para não perder nenhum dos dois, Mike era sua paixão desde alguns anos, mas ele não tinha o corpo, o dinheiro e nem a popularidade que Edward tinha, ela não poderia perder aquilo.




–Deixe ele Tanya! Deixe ele se achar o gostosão, mas pago de corno na frente...




Mike não pode terminar de falar pois o soco no queixo que recebeu de Edward o fez tontear em direção ao chão, mas se firmou na parede cavernosa e esfregou o rosto.




–Você me paga Cullen, vou acabar com você!




Mike se endireitou e avançou pra cima de Edward, esse que nem pensou que Mike teria audácia de bater nele, mas se enganou, Mike o atingiu em cheio no estômago, o fazendo querer vomitar até o que tinha comido a três dias atrás, seu estômago se contraiu de dor e ele olhou com raiva de Mike para Tanya.




–Edward você está bem? – para a surpresa de Mike, Tanya veio até Edward o tocando os ombros, o puxando parta perto dela.




–Me solta sua desgraçada!




–Edward eu não quis...




–Ah você quis sim! – Falou Mike serio – Você quase implorou por uma boa fodida Tanya, não seja tola!




–Mike, não me complica Mike!- Pediu ela exarperada.




–Não adianta pedir para ele não te complicar, você já se complicou, e só eu que não via isso, já tinham me avisado, mas...




Naquele momento Edward lembrou de o quanto Bella o avisara sobre Tanya, mas ele fechara os ouvidos, não queria ouvir ela, pois pensava que ela não sabia nada, talvez estivesse errado em relação a isso.




Edward deu a volta e começou a andar de volta ao local onde os outros alunos se encontravam, Tanya pensou em ir atrás dele, mas Mike a impediu e ela não resistiu.




–Deixe ele pra lá minha loirinha!




–Mas Mike...




–Não, deixe, vamos terminar o que começamos!




Tanya olhou surpresa para Mike, quando o via quieto, na dele, nunca pensou que ele seria assim, tão malicioso e astuto em relação a sexo, pois era isso que ele queria, e Tanya não ia desperdiçar essa chance.




Mike voltou a subir com suas mãos a saia de Tanya, mas dessa vez foi direto, afastou a calcinha ela, a surpreendendo e a penetrando com um dedo. Logo ele chupava forte um dos seios de Tanya, a fazendo gemer alto, indo a loucura.




Mike não aguentava mais de excitação, retirou seu membro de dentro da bermuda xadrez e penetrou Tanya, sem ela nem saber que ele faria isso, penetrou-a com força, agarrando uma das pernas dela em sua cintura, ele a penetrava mais forte a cada estocada, Tanya gemia alto, arfante assim como ele, os dois suavam, mesmo naquela humidade, seus corpos se encontravam um ao outro, logo Mike deixava marcas na pele clara de Tanya, com grandes chupões ele a deixava mais excitava ainda, quando ele não estava chupando seus peitos, ele apertada com os dedos, a levando ao delírio, logo o orgasmo de Mike se aproximou, ele estocou mais rápido ainda, chegando lá e gozando intensamente, deixando várias vibrações percorrerem seu corpo e Tanya passava pelas mesmas sensações.




Do outro lado do país, Frederich andava de um lado para o outro dentro do armazém fechado.




–Eu não entendo como o James conseguiu ser tão frouxo, como é que ele não matou ela?! – Ele berrava impaciente – E depois de não conseguirem pegar ela na boate, não conseguiram causar acidente com o ônibus, vocês ainda a deixam viva!!!!!




Frederich colocou a mão no revólver em sua cintura.




–Você são uns incompetentes! – Olhou para os dois capangas que tremiam de medo dele a sua frente e tirou a arma do sinto – Só não mato vocês porque James fará isso, e depois mato ele, ah se mato, se ele não acabar com ela e toda aquela família, ah eu mato!



avatar
Lah Salvatore
Escritor(a) Criativo(a)

Mensagens : 217
Popularidade : 1
Data de inscrição : 20/03/2013
Idade : 19
Localização : Brusque - SC
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Romance

Ver perfil do usuário http://amorantesdetudo.blogspot.com.br/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 12 [] :: Comentários

Nenhum comentário.
 

Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 12 []

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: CROSSOVER-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.