Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

  Sombrio Como a Noite. - Capítulo 03 [+16]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
26062013
Mensagem Sombrio Como a Noite. - Capítulo 03 [+16]

Clique aqui para ver todos os capítulos desta história!



Tema do Desenho / Quadrinho:
Batman.

Gêneros:
Ação, Amizade, Aventura, Mistério, Tragédia,

Clique aqui para ver as Informações Iniciais:
 



A Despedida.



Bruce e uma equipe médica levaram Dick para uma sala de cirurgia para remover as balas e tentar salvá-lo.
—Eu to detonado... não estou. –Disse Dick com a pouca força que ainda tinha.
—Não fale, nós vamos te salvar filho eu prometo. –Disse Bruce interrompendo Dick.
—Isso é meio difícil... desde criança eu sou só... um moleque tagarela. –Disse Dick ficando cada vez mais fraco.
—Fica comigo Dick. –Disse Bruce tentando acordar Dick.
—Fique aqui senhor Wayne, deixe que nós cuidamos do resto. –Disse um dos médicos afastando Bruce.
—Exterminador, você vai me pagar, você vai pagar. –Disse Bruce frustrado.
—Não foi o Exterminador pai. –Disse Damian se aproximando com vários cortes pelo corpo.
Damian perdeu o equilíbrio, mas Tim e Steph o pegam antes dele cair.
—Como assim, não foi o Exterminador? –Perguntou Bruce confuso.
—Não, o Exterminador estava lutando comigo o tempo todo, ele me deu uma surra e conseguiu escapar. –Explicou Damian esgotado.
—Então quem atirou no Dick? –Se perguntou Bruce.
—Seja quem for conhecia nossa tecnologia. –Disse Damian deixando todos confusos.
—Como assim? –Perguntou Tim.
—Quantas balas atravessam a Batroupa? –Disse Damian fazendo uma pergunta retórica.
—Quem atirou usou balas de titânio ou algo mais denso para poder atravessar a camada a prova de balas da Batroupa, só alguém que trabalhou no projeto sabe do que o traje é feito. –Disse Bruce com uma expressão pensativa. “Quem foi, quem?”
Enquanto isso na sala de cirurgia os médicos conseguem remover as balas, depois de analisar os órgãos feridos pelas balas acabam com um mal resultado.
—Isso é ruim, tem muitos órgãos vitais avariados. –Disse a enfermeira.
—Não desistam ainda, vamos tentar uma troca de órgãos. –Sugeriu o doutor. —O que estão esperando se movam, rápido, rápido.
Ricky e Barbara vão para o hospital após Stephanie ter lhes explicado tudo por telefone.
—Mãe, o pai... ele vai ficar bem não vai? –Perguntou Ricky provavelmente sentindo medo pela primeira vez em sua vida.
—Eu não sei dizer Ricky. –Respondeu Barbara com mais medo que Ricky, ela não suportaria perder seu marido.
O médico saiu da sala de cirurgia e foi até a família Wayne com uma cara de desapontamento.
—Eu sinto muito senhor Wayne, fizemos tudo que estava ao nosso alcance mas... –O doutor fez uma pausa dramática. —O senhor Grayson não sobreviveu aos ferimentos.
Todos começaram a chorar após ouvir está noticia, Dick Grayson, o primeiro Robin, o primeiro aprendiz, uma lenda, está agora morto. Por alguns segundos Ricky ficou estático, e quando Steph tentou colocar a mão no ombro de seu sobrinho, o garoto caiu e se ajoelhou, e seu rosto se encheu de lágrimas.
—Pai... meu pai... está... morto. –Soluçou Ricky. —AHHHHHHHHHHH!
Ricky lançou um grito estridente de tristeza, Barbara se aproxima de Ricky e ajuda ele a apoiar sua cabeça em seu colo.
—Vai ficar tudo bem Richard, eu prometo. –Disse Barbara sem esconder as lágrimas.
—Lucius, prepare o funeral. –Disse Bruce por seu telefone.
Mais tarde a noite o velório foi montado, o caixão com o corpo de Dick seria enterrado ao lado dos corpos dos pais de Bruce e de Alfred que havia morrido três anos atrás por causa de um câncer. Não era apenas a  família de Bruce que estava lá, Clark, Diana e os outros membros da Liga, os Titãs, todos os heróis haviam saído de suas cidades para atender ao velório e consolar a família Wayne.
—Richard, Dick era um bom homem, e eu tenho certeza que um dia você será igual a ele. –Disse Clark colocando sua mão no ombro do garoto.
—Obrigado senhor Kent. –Agradeceu Ricky.
—Eu não sei o que dizer garoto, Dick... ele foi um dos meus melhores amigos, vai ser difícil ficar sem ele me dando ordens o tempo todo. –Disse Ciborgue tentando animar Ricky.
—Obrigado senhor Stone. –Disse Ricky sorrindo um pouco. —Eu... já vou indo.
Todos se concentram em Ricky, sabiam que ele era que havia sido mais abalado pela morte do pai.
—Bruce, você vai falar sobre “aquilo” com ele. —Disse Selena de forma discreta para que ninguém mais ouvisse.
—Será logo Selena, será logo. –Disse Bruce tirando de seu bolso um papel com um endereço marcado.
Ricky subiu as escadas e se trancou em seu quarto, ele ficou apenas chorando deitado em sua cama se lembrando de tudo que já havia passado com seu pai, quando Dick o ensinou a andar de bicicleta, quando levou ele para o Circo Haly pela primeira vez e todas as outras lembranças boas que tinha. Enquanto isso após o término do velório Bruce, Barbara, Tim, Stephanie, Damian e Selena estavam na Batcaverna discutindo para ver quem seria o novo Batman.
—Dick Grayson está morto e ele sempre será lembrado por suas ações, como Robin, Asa Noturna e como Batman, mas o Batman não é uma pessoa é um símbolo, por isso Tim, Damian eu quero que um de vocês seja o novo Batman. –Explicou Bruce colocando a mão no memorial com a roupa destruída do Batman que estava com a inscrição, “Em memória de Richard Jhon Grayson, nunca te esqueceremos.”
Por algum momento eles se mantiveram em silencio, até que Tim resolveu se pronunciar.
—Me deixe fazer isso Bruce, me deixe ser o Batman. –Pediu Tim.
—Tem certeza Tim? –Perguntou Bruce para ver se o jovem estava certo do que queria.
—Dick podia não ser meu irmão de sangue, mas era meu irmão de espírito, eu vou honrar ele dessa forma, vai ser um jeito de eu me desculpar por não estar lá para ajudá-lo na hora em que ele precisava. –Disse Tim olhando para o memorial de Dick.
—Muito bem, e você Damian? –Perguntou Bruce olhando para seu único filho biológico.
—Não, eu não posso mais fazer isso. –Disse Damian rangendo seus dentes.
—Damian, não é sua culpa, você não podia ter feito nada para impedir. –Disse Bruce tentando acalmar Damian.
—Tem razão, não é minha culpa. –Disse Damian fazendo uma pausa antes de completar sua frase. —É sua, você devia ter morrido no lugar dele!
Todos ficam surpresos com o comportamento de Damina, o garoto culpava o próprio pai pela morte de Dick, Bruce não demonstrou nenhuma reação ao que seu filho disse.
—Como pode dizer isso Damian? –Disse Selena chocada e decepcionada com seu filho.
—Essa é a verdade se você não fosse burro de ter caído na armadilha do coringa anos atrás você ainda seria o Batman, e o Dick ainda estaria vivo! –Exclamou Damian com toda a sua raiva. —Isso é perda do meu tempo, eu to fora, encontrem outro palhaço para usar a roupa de Robin.
Damian subiu em uma das motos e ligou a ignição, quando ouviu o ronco do motor Bruce decide intervir.
—Eu sou seu pai Damian, e você vai me obedecer. –Disse Bruce com um tom de ameaça.
—Você nunca foi um pai para mim. –Disse Damian em um tom agressivo.
Damian acelerou a moto e foi embora pelo hangar da Batcaverna, após ouvir aquelas palavras saindo da boca de seu filho Bruce fica mais chocado do que Selena, porém decide não demonstrar isso para não afetar o desempenho de Tim como o novo Batman.
—Eu devia ir atrás dele. –Disse Tim.
—Não, deixe ele ir, ele tomou sua decisão. –Disse Bruce se virando para eles para não mostrar que estava chorando por causa da partida do filho.
Enquanto a Ricky, ele estava sentado em sua cama chorando com o colar em forma de pássaro que seu pai havia lhe dado em seu aniversário

avatar
Samuel Jr
Escritor(a) Padrão

Mensagens : 26
Popularidade : 1
Data de inscrição : 25/06/2013
Idade : 20
Localização : Botucatu, SP
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Fantasia

Ver perfil do usuário
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Sombrio Como a Noite. - Capítulo 03 [+16] :: Comentários

Nenhum comentário.
 

Sombrio Como a Noite. - Capítulo 03 [+16]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: DESENHOS / QUADRINHOS-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.