Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

  Sombrio Como a Noite. - Capítulo 11 [+16]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
14072013
Mensagem Sombrio Como a Noite. - Capítulo 11 [+16]

Clique aqui para ver todos os capítulos desta história!

[img][/img]

Tema do Desenho / Quadrinho:
Batman

Gêneros:
Ação, Amizade, Aventura, Mistério, Romance, Suspense, Tragédia,

Clique aqui para ver as Informações Iniciais:
 


Revelação.

Batman ficou observando Asa Noturna, mesmo que ele estivesse de capuz era possível ver a expressão de raiva no herói, Ricky queria dizer quem era, mas Tim era igual à Barbara se soubesse do segredo de Ricky iria obrigar ele a parar assim como fez com Stephanie.

—Se renda garoto, assim eu te levo inteiro para o Arkham. –Batman disse de forma ameaçadora.

—Batman, eu não quero lutar. –Asa Noturna disse.

—Por que não? Você não mostrou qualquer emoção quando matou a Arlequina. —Pelo menos agora é homem o bastante para mostrar pelo menos parte do seu rosto.

—Não fui eu quem matou a Arlequina. –Asa Noturna disse em sua defesa.

—E por que eu acreditaria em você? –Batman perguntou desconfiado.

—Não, é verdade, não foi ele, foi outro Asa Noturna, um impostor. –Piadista disse tentando proteger Asa Noturna.

—Prove, tire a máscara, me mostre quem você é. –Batman ordenou.

—Eu não posso. –Asa Noturna disse.

—Então eu vou ter que tirá-la a força. –Batman disse erguendo seus punhos.

—Eu já disse que não quero lutar. –Asa Noturna disse tentando convencer o Batman.

—Então não lute, vai facilitar as coisas para mim. –Batman então partiu para cima de Asa Noturna.

Batman tentou socar o rosto do herói, mas Asa Noturna segurou o braço do herói, o cavaleiro então o acertou com o cotovelo, Piadista pegou suas cartas e jogou no Batman, mas ele se protegeu com sua capa, ele então pegou a garota e a jogou para lado do Asa Noturna, irrita Asa Noturna pegou seus bastões de escrima e foi para cima do Batman, que pegou seu cajado para se defender, enquanto corria Asa Noturna aproximou seus bastões um do outro unindo eles e os transformando em um cajado, então os dois heróis começaram a travar sua batalha.

—Por favor, me escuta, não era eu, era outra pessoa. –Asa Noturna disse tentando acertar o cavaleiro.

—Quem era então? –Batman perguntou se defendendo do ataque.

—Eu estou tentando descobrir. –Asa Noturna disse continuando seu ataque.

—Quero acreditar em você, mas não consigo, pelo menos não enquanto não me disser quem você é. –Batman disse empurrando Asa Noturna com o ombro.

—Mas por quê? –Asa Noturna perguntou tentando atacar Batman novamente.

—O homem que usava esse símbolo antes era um irmão para mim, eu ele treinamos juntos, rimos juntos, choramos juntos, não posso confiar esse símbolo a alguém que não o mereça. –Batman disse, Ricky pode perceber que quando Tim se lembrou de Dick uma lágrima escorreu de dentro do capuz. —E então, vai me dizer quem você é?

—Não, eu sinto muito. –Asa Noturna disse se afastando.

—Então você não me dá opção. –Batman disse lançando um bataranque contra Asa Noturna.

Asa Noturna consegue desviar do batarangue, mas para sua surpresa era um batarangue controlado por controle remoto, então o aparelho voltou na direção de Asa Noturna, o herói viu uma leve luz vermelha nele então soube que era explosivo, o batarangue o acertou explodindo contra o seu corpo, o uniforme ficou com vários rasgos por causa da explosão e o herói ficou caído.

—Eu não queria ser tão bruto, mas eu precisava acabar com isso, antes que você pudesse machucar mais alguém. –Batman disse se aproximando de Asa Noturna. —Vai precisar de cuidados médicos.

—Fique longe dele! –Piadista exclamou lançando mais de suas cartas contra o herói.

—Não se meta nisso, eu não quero te ferir. –Batman disse se protegendo com sua capa.

Para detê-la sem machucá-la Batman lançou uma bomba com gás anestésico para fazê-la dormir, quando aspirou o gás a garota começou a tossir muito até que desmaiou.

—O que você fez? –Asa Noturna perguntou para ele tentando levantar.

—Não se preocupe, ela só está dormindo. –Batman disse pegando Asa Noturna pelo ombro. —Agora vamos ver quem está por trás dessa máscara.

Asa Noturna tentou, mas não conseguia se mover, Batman estava próximo de tirar sua máscara, mas com muita sorte ele consegue pegar um de seus bastões de escrima.

—Me desculpe por isso. –Asa Noturna disse acertando a ponta elétrica do bastão na cabeça do Batman eletrocutando o herói.

Batman caiu ao lado dele, Ricky percebeu que o capuz se quebrou por causa do choque, e ficou com medo de ter ferido Tim demais, então tirou a máscara para ver se ele estava bem, havia uma grande queimadura na cabeça de Tim.

—O que eu fiz. –Ricky disse decepcionado com sigo mesmo. —Tim fala comigo, por favor, não faz isso comigo.

Tim começou a tossir o que aliviou Asa Noturna, o herói abriu os olhos e se assustou ao vê-lo tão perto, então deu um pulo para o lado.

—Fique calmo, eu não quero lutar. –Asa Noturna disse jogando a máscara de volta para Tim.

—Você viu meu rosto. –Tim disse colocando a máscara.

—Eu sou novo na cidade, nunca te vi na minha vida, pode acreditar. –Asa Noturna disse chegando mais perto.

Batman pode ver sinceridade nos olhos de Asa Noturna quando ele chegou mais perto, mais ele estranhou o herói ser tão parecido com seu irmão, então descobriu quem ele era.

—Ricky é você? –Batman perguntou de repente.

—Como é? –Ricky perguntou em desespero.

—Nem tente inventar uma desculpa, eu descobri quem era o Batman sozinho, além do mais, você tem os olhos do seu pai isso não tem como esconder. –Batman disse tirando sua máscara novamente. —Eu devia ter desconfiado, afinal de contas você tem saído todas as noites e voltado quase de manhã.

—Por favor, Tim não tente me deter, eu preciso fazer isso, tenho que encontrar o assassino do meu pai. –Asa Noturna disse.

—E o que vai fazer quando encontrá-lo. –Tim disse se exaltando. —Me diz o que você quer Richard, justiça ou vingança.

—Eu só vou descobrir isso com encontrar ele. –Ricky disse com peso em sua voz.

—Que bonitinho. –Disse uma garota que estava observando a luta do outro prédio. —É um momento família especial Tim.

—Rose. –Tim disse com raiva na voz.

—Quem é ela? –Ricky perguntou enquanto Tim colocava sua máscara.

—Rose Wilson, é a filha do Slade.

Quando ouviu aquilo Asa noturna se encheu de raiva, mas se controlou já que queria respostas dela.

—Cadê o Exterminador?! –Asa Noturna perguntou quase gritando para ela.

—Eu não tenho medo de você Ricky Grayson. –Devastadora disse saltando até o prédio onde eles estavam. —Como é que eu sei? Eu e o Asa sabemos tudo sobre você, quem você é, onde você mora, os lugares que frequenta , tudo, eu queria te matar agora, mas você é a presa dele.

—Eu te mosto a presa. –Asa Noturna disse partindo para cima da Devastadora.

—Ricky não. –Batman tentou pará-lo, mas o garoto já estava longe.

Asa Noturna tentou acertar ela com seus bastões, mas ela desviou dos ataques facilmente, então ela saltou por cima dele e pegou uma faca e enfiou do lado oposto ao coração dele.

—Ricky! –Batman exclamou ao ver seu sobrinho sendo apunhalado.

—Não se preocupe não foi um ponto vital. –Devastadora disse jogando Asa Noturna no chão.

—Desgraçada! –Batman tentou acertar um soco nela, mas a vilã saltou por cima dele igual fez com Ricky, ela foi até Piadista e se ajoelhou atrás a garota que estava desacordada.

—Tão bonita não acham. –Devastadora disse passando suas mãos nos cabeços dela e em seguida pegando uma faca.

—Fique longe dela! –Asa Noturna disse tendo dificuldade para se levantar por causa da dor da facada.

—O sorriso do Coringa são duas cicatrizes na são, será que ela vai ficar bonita se o mesmo acontecer com ela. –Devastadora disse aproximando a faca da boca da Piadista.

—Não! –Asa Noturna disse, mas antes que pudesse se mover algo passa ao lado dele rapidamente.

Era um batarangue, ele bateu na mão de Devastadora fazendo ela soltar a faca, Ricky sentiu uma certa ardência no rosto, e quando passou a mão viu que o batarangue havia causado um pequeno corte em seu rosto.

—Devastadora, eu já disse, eles são minha presa. –Quem havia lançado aquele batarangue era o Impostor, ele pulou do mesmo prédio da onde Devastadora saiu e foi até ela. —Vamos embora.

—Mas estava tão divertido. –Devastadora disse se levantando.

Quando viu o homem que havia roubado a identidade de seu pai, Asa Noturna se enfureceu, seu sangue ferveu tanto que ele até se esqueceu da dor da facada.

—Você, em diga onde está o Slade. –Asa Noturna exclamou.

—Me obrigue. –O Impostor disse sem nem olha para Ricky.

—Com prazer. –Asa Noturna correu na direção do Impostor, que nem se moveu.

Asa Noturna tentou acertar ele com seus bastões, mas o vilão lhe deu um chute nas mãos dele o fazendo soltar suas armas, então ele pegou Asa Noturna pelo pescoço e o levantou tanto que seus pés não tocavam o chão, então o vilão aproximou Ricky de seu rosto.

—Escute bem essas palavras garoto, está perdendo seu tempo procurando o Slade. –O Impostor disse com sua voz robótica. —Fui eu, eu matei Dick Grayson, eu matei seu pai, se quer vir atrás de alguém, venha atrás de mim, porque eu estarei te esperando.

Ricky tentou se soltar, seu ódio estava fora de controle, mas o Impostor era muito forte.

—Mas não é porque não vamos lutar agora que eu não posso te deixar uma lembrancinha. –Ele então pegou uma faca, e Devastadora tirou a luva de Ricky.

O Impostor enfiou a faca no braço de Ricky e começou a desenhar algo, ele fez um corte no formato do símbolo do Asa Noturna.

—Mande lembranças ao Wayne por mim. –O Impostor disse dando uma forte cabeçada em Ricky, que deixou o rapaz desacordado.

—Para! –Batman disse partindo para cima do vilão.

Asa Noturna jogou Ricky para o lado, então desviou do ataque do Batman, primeiro Devastadora acertou um soco no rosto dele, e em seguida Asa Noturna o segurou e pegou um do seus batarangues afiados.

—Isso acaba aqui. –O vilão disse enfiando o batarangue na barriga do herói e depois dando um forte soco que quebrou totalmente a máscara do morcego. —Vamos dar o fora.

—Mas e a garota? –Devastadora perguntou apontando para Piadista.

—Ela não tem importância, mas eu quero mantê-la viva, ela sente algo pelo garoto, quero fazer todos que o amam sofrer. –Asa Noturna disse friamente.

Piadista então acordou só em tempo de ver Asa Noturna e Devastadora desaparecerem na escuridão. Quando viu os dois heróis caídos foi rapidamente até Ricky.

—Asa Noturna, fala comigo. –Piadista disse tentando acordar ele, mas ele não dizia nada. —Não.

Achando que o herói havia morrido, Piadista saiu correndo em desespero e com o rosto inundado em lágrimas.

Depois de muito tempo Ricky acordou, ele estava confuso e quando olhou para os lados viu que estava na Batcaverna, ele não estava mais usando seu uniforme, só uma camiseta branca e uma calça preta, e seu braço estava enfaixado e um curativo na cabeça.

—Como voltamos para cá? –Ricky se perguntou ao ver que estava na Batcaverna.

—A Stephanie trouxe vocês com o batplano. –Bruce disse se aproximando.

Quando olhou para trás de Bruce, Ricky pode ver sua mãe e Stephanie discutindo com Tim que estava deitado, assim que viu seu filho Barbara ficou com uma raiva incontrolável, se ela pudesse se levantar provavelmente daria um tapa no rosto de Ricky.

—Cadê a Piadista? –Ricky perguntou preocupado.

—Ela fugiu, deve ter achado que vocês estavam mortos. –Bruce disse.

—Por que não me contou o que fazia todas as noites? –Barbara perguntou se controlando para não pular daquela cadeira de rodas e dar uma surra em Ricky.

—Mãe... –Ricky tentou dizer alguma coisa, mas parou ao ver que Barbara tinha começado a chorar.

—Por que você estava fazendo isso? Eu não quero que acabe como o seu pai, eu não quero te perder também. –Barbara disse soluçando.

Ricky se ajoelhou e apoiou sua cabeça no colo da sua mãe, Barbara começou a acariciar os cabelos de seu filho.

—Eu sinto muito, mas não havia outro jeito de encontrar o assassino papai. –Ricky disse erguendo sua cabeça e pegando as mãos de sua mãe.

—E vocês descobriram alguma coisa com a Devastadora? –Selena perguntou.

—Não, mas eu descobri algo sobre o cara que está saindo por aí vestido de Asa Noturna. –Ricky disse lembrando das palavras que o Impostor havia lhe dito. —Ele matou o meu pai.

—O que? –Bruce perguntou confuso.

—O falso Asa Noturna matou o meu pai. –Ricky disse para todos eles ouvirem.

Antes que alguém perguntasse qualquer coisa, alguém invadiu o sistema da Batcaverna, era o Impostor, ele estava em uma sala escura então só o quem aparecia na tela era ele.

—Como vai senhor Wayne, eu vim aqui para falar com seu neto Ricky Grayons. –Asa Noturna disse na gravação. —Eu quero te enfrentar garoto, com o Batman morto você é a última pedra no meu caminho, mas como eu não confio em vocês eu preparei uma pequena distração.

Todos ficaram intrigados e preocupados para saber o que ele tinha feito.

—Eu e Devastadora não estamos sozinhos nisso, alguns dos meus agentes invadiram o Asilo Arkham e em exatos dez minutos todas as celas se abrirão libertando os criminosos mais perigosos e mais insanos de Gotham. –Asa Noturna disse deixando todos chocados de boca aberta. —Estarei te esperando na catedral de Bludhaven, venha sozinho.

avatar
Samuel Jr
Escritor(a) Padrão

Mensagens : 26
Popularidade : 1
Data de inscrição : 25/06/2013
Idade : 20
Localização : Botucatu, SP
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Fantasia

Ver perfil do usuário
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Sombrio Como a Noite. - Capítulo 11 [+16] :: Comentários

Nenhum comentário.
 

Sombrio Como a Noite. - Capítulo 11 [+16]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: DESENHOS / QUADRINHOS-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.