Digite o nome do autor do mesmo jeito que aparece no perfil. Será mostrado tudo que o autor participa.


Icon Icon Icon Icon




A Devil For Me. - Capítulo Mais um dia de trabalho. [+16] por sakymichaelis Ter 29 Out 2013 - 19:57



Cavaleiros do zodíaco-batalha final - Capítulo Prólogo [+13] por VITOR/OTAKU 305 Sab 26 Out 2013 - 17:51



Mid - Demons - Capítulo Prólogo [+16] por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:48



[Me candidato à Beta Reader] Lara_  por Lara_ Qui 24 Out 2013 - 18:32



[Me candidato à Beta Reader] Aline Carvalho  por Aline Carvalho Qui 24 Out 2013 - 17:39



Ver tudo





Nós estamos no ar desde
Sab 16 Mar 2013 - 11:57!


Capítulos postados: 479

Comentários postados: 973

Usuários registrados: 491



O último usuário registrado foi:
sayuri234

Parceiros




Compartilhe | 
 

  Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 14 []

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
MensagemAutor
15052013
Mensagem Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 14 []

Categorias do Crossover:




Gêneros:


Clique aqui para ver as Informações Iniciais:
 


A maioria dos meninos estavam jogados na água, desci pelas laterais e fui até uma vertente mais próxima, fiz conchinha com as mãos e bebi uma boa quantia da água, saciando minha sede, mas quando levantei me deparei com Emmett vindo em minha direção sorrindo.




–Nem pensar!




–O que Bellinha? Vai dizer que tem medo de água? – Veio se aproximando.




–E se eu tiver, qual o problema?




–Tem que acabar com esse medo.




–Emmett Cullen, se você der mais um passo eu te bato! – O ameacei.




–Nossa, que Isabella cruel – falou alguém em meu ouvido me fazendo estremecer.




–Não se mete Edward, não é com você! – Falei revirando os olhos pra ele.




–Não é comigo não? – perguntou sorrindo torto.




–Não!




Em um impulso ele me pegou no colo, me jogando em seus ombros e andando em direção à água.




–Edward Cullen me coloque no chão! – Gritei, exigi, ordenei, mas ele não me obedeceu, me levou até a parte mais funda da água e me jogou com tudo, senti o choque da água gelada em meu corpo, então voltei pra superfície da água e me agarrei instantaneamente em seu pescoço com os lábios tremendo.




–Agora é comigo!




–Seu... Idiota... –Gaguejei de frio, mas aos poucos o meu corpo foi se acostumando, então só ai reparei que me segurava em seu pescoço.




Olhei em seus olhos e ele viu minhas mãos em sua pele, ele estava sem camiseta, e assim pude perceber o corpo definido e forte de Edward, ele era realmente muito bonito.




Tirei os braços de seu pescoço e sorri sem jeito.




–Você... Acha que é a saída? – perguntou ele olhando para a água escorrendo das pedras.




–Eu acho que sim! – Respondi sem olhar para o mesmo lugar que ele, só olhei para seus lábios molhados, seus olhos claro, sua pele em contraste com os cabelos gotejantes, acorda Isabella, acorda.




Ele olhou pra mim e sorriu.




–Medo de água Isabella? – perguntou tramando algo.




–Não, oras se eu vou ter medo de água!




–Acho que está mentindo.




–Cala a boca Edward, por que eu estaria mentindo?




–Por que ficaria envergonhada se eu soubesse que você não sabe nadar?




–Claro que não, nem me importo com o que você pensa ou faz...




–Não se importa? – perguntou sério.




–Não...




–Você não se importa com o que eu faço? – repetiu a pergunta.




–Já disse que não!




–Vamos ver!




Antes mesmo que eu pudesse protestar ele já estava com seus lábios nos meus, sua boca ali na minha, sua língua, e o pior era que eu estava retribuindo, surpresa, mas retribui, era delicioso, seus lábios eram macios, gentis, ai ele me agarrou pela cintura, me apertando forte. Passei meus braços mais uma vez por seu pescoço, enroscando meus dedos em seus cabelos molhados, ele afastou-se um pouco quando precisamos de ar, mas não desencostou os lábios dos meus. Olhei em seus olhos:




–Ual – falou ele.




Sentia que minhas bochechas ferviam mesmo com o frio, aquilo tinha sido ótimo e eu não sabia o que falar.




–Heeeeyyy e Ed pegou a Bellinha e eu vi! – gritou um armário ambulante se jogando na água.




Todos olharam em nossa direção, corei e sorri constrangida.




–Sabia que você iria gostar do meu beijo...




–Edward... quem disse que eu gostei...




–Pelo jeito que você me agarrou, não era de quem não estava gostando não...




Afastei-me, olhando em seus olhos, eu estava realmente confusa, não sabia se tinha gostado ou não, era um misto de desejo por mais e raiva por ele ter feito aquilo, não queria falar sobre isso.




Edward sorriu torto e tocou meus cabelos.




–Linda Isabella, eu sei que você não resiste aos meus encantos!




O empurrei, fazendo este quase cair pra trás se não fosse sua força de equilíbrio, ele riu e veio em minha direção, tentei fugir, mas não era rápida na água, então senti suas mãos me puxando de encontro a seu corpo por trás de mim, então ele me prendeu em seus braços e encostou o queixo entre meu ombro e meu pescoço.




–Doce Isabella, sempre teimosa não é? – sussurrou em meu ouvido, fazendo meu corpo inteiro se arrepiar, nesse instante olhei pra cima e deparei com um Alaric não muito amigável a nos olhar.




–Me solta! – Ordenei.




–Por que eu faria isso? – me desafiou.




–Por que estou mandando!




–E você pensa que manda em mim? – perguntou ele gargalhando em deboche.




–Não mando em você, mas faço o que eu quiser comigo mesma.




–E? – Ele era um babaca mesmo! Toda vez que tentava me mexer e me soltar ele me apertava mais contra seu corpo.




–Eu te odeio Edward.




–Ah é? – perguntou me virando para encarar seus olhos esverdeados.




–Sim, você é o maior idiota que eu...




Ele não me deixou terminar novamente, me calou com seus lábios, será que ele pensava que eu era o que? Para fazer aquilo quando bem entendesse? Se bem que eu estava achando muito bom, tentei me livrar de seu beijo, mas o tarado era mais forte, e pegou e apertou minha bunda.




Instintivamente levantei minha perna, batendo com o joelho em seu ponto fraco, em segundos ele gritava palavrões e apertava o local onde eu tinha batido.




Depois de sorrir um pouco e ver seu escândalo me apavorei, será que realmente tinha batido muito forte?




Cheguei perto dele e perguntei nervosa.




–Edward, você está bem? Err... Desculpa, eu não quis, eu... Você...




Mas o desgraçado colocou um sorriso nos lábios e ti9rou a mão do meio das pernas.




–Viu só, você não me odeia... – Sorriu torto.




Semicerrei os olhos, cheguei bem perto dele, encarando em seus olhos, friamente e sussurrei.




–Eu te odeio Edward Cullen...




–Eu também te odeio Isabella Swan...




Depois dessa grande declaração de amor, ele me pegou violentamente, me jogou novamente em seu ombro, com meus protestos e saiu da água comigo nas costas.




–O que você vai fazer Edward? – perguntou Roselie assustada.




–Vou dar uma lição a essa menina...




–Edward, me solta! – Gritei, esperneei, e por fim o mordi, mas nada ele fazia, só seguia andando na direção contrária a da água, passamos por Tanya, que vinha com Mike em seu encalço e Edward seguiu andando para a escuridão, então depois de um tempo sem eu falar nada ele me largou no chão.




–Posso saber o porquê você me trouxe para cá? – perguntei já voltando, mas ele me agarrou pelo braço, me prendendo novamente contra seu corpo.




–Eu não te odeio Isabella...




–Eu... Eu te odeio Edward.




Ele sorriu e beijou meu pescoço enquanto tentava me desviar dele.




–Se você me odeia tanto, me diz o porquê de se arrepiar toda quando faço isso? – perguntou beijando novamente meu pescoço molhado.




–Por que...




–Me diz o porquê de você gostar tanto do meu beijo, a ponto de querer mais!




–Eu...- Eu estava sem palavras, ele era absurdo.




Eu não aguentei mais olhar para seus lábios e não fazer nada, não aguentei mais ver sua boca se mexer sem estar junto da minha, apenas o beijei, agarrando com força seus cabelos, com tal raiva dele que tornava aquele beijos mais voraz e intenso.
avatar
Lah Salvatore
Escritor(a) Criativo(a)

Mensagens : 217
Popularidade : 1
Data de inscrição : 20/03/2013
Idade : 19
Localização : Brusque - SC
Respeito às regras : Nenhuma advertência. Após 04 advertências, o usuário será banido.

Escritor especialista em Romance

Ver perfil do usuário http://amorantesdetudo.blogspot.com.br/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gostou? Então compartilhe: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 14 [] :: Comentários

Meu Deus Lah, estou passando mal aqui. Vc e Violet param a fic assim? E eu??? Campanha Cap 15 já!!!!
:p hehe saindo capitulo 15!!
 

Amor, Um Sentimento Confuso - Capítulo 14 []

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: ::::::::: PUBLICAÇÃO DE FANFICS [CATEGORIAS] ::::::::: :: CROSSOVER-

Site melhor visualizado e operado no Mozilla Firefox ou Google Chrome.
No Internet Explorer você não conseguirá usar muitos recursos especiais.